RS amanhece com chuva forte; Porto Alegre tem ruas alagadas


No interior, cidades registraram queda de granizo e rajadas de vento. Inmet e Marinha alerta para riscos de ventania e tempestades. Em Porto Alegre, ruas ficaram alagadas após madrugada de chuva intensa
Reprodução/RBS TV
O RS teve temporais e queda de granizo em várias partes do estado durante a madrugada desta quarta-feira (8). O fenômeno é registrado desde segunda-feira (6) nas cidades gaúchas.
Porto Alegre registrou pontos de alagamentos após a chuva forte, que atrapalharam o trânsito durante o início da manhã. Segundo a Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC), até às 7h20 havia bloqueio parcial na via entra as Ruas Cel. Aparício Borges e Pedro Boticário.
Na esquina das Ruas Coronel Aparício Borges e Pedro Boticário, a EPTC bloqueou parcialmente a passagem
Reprodução/EPTC
As rajadas de vento chegaram a quase 84 quilômetros por hora em Soledade, no Norte, e passaram de 70 km/hora em Canela, na Serra; em Quaraí, na Fronteira Oeste; e em Santa Vitória do Palmar, no Extremo Sul.
Em Imbé, no Litoral Norte, o choveu pedras de gelo por alguns minutos, que ficaram acumuladas nos pátios das casas.
Santa Maria, na Região Central do RS, entre terça (7) e quarta-feira (8), foram 100 milímetros, que correspondem a 65% da média do mês. Em Ijuí, no Noroeste do estado, mais de 600 casas foram danificadas nos últimos dias. A prefeitura e a Defesa Civil atendem os moradores.
Já no cruzamento entre a Avenida João Pessoa e a Praça Piratini, e na Avenida Erico Veríssimo, há acúmulo de água, sem bloqueio.
A frente fria é formada por um ciclone extratropical, em uma área de baixa pressão. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de risco de temporais, e a Marinha alerta para ventos fortes em toda a costa, mar agitado, e ressaca.
VÍDEOS: Tudo sobre o RS