Quase 90% dos gaúchos em idade adulta já receberam primeira dose de vacina contra o coronavírus

Mais de 7,68 milhões de habitantes do Rio Grande do Sul já receberam a primeira dose de vacina contra o coronavírus, contingente que representa 89,2% dos gaúchos com idade a partir de 18 anos (8,95 milhões de pessoas). Se levada em consideração no cálculo toda a população do Estado (11,37 milhões em 497 municípios), o índice é de 70,2%.

O esquema completo de imunização, por sua vez, contempla até agora mais de 3,97 milhões de indivíduos – seja quem recebeu duas doses para fármacos com esse sistema (Coronavac, Oxford ou Pfizer) ou os contemplados pela vacina da Janssen, de apenas uma injeção. Isso equivale a 47,7% dos adultos residentes no Estado e a 37,6% do total.

A estatística também menciona que as aplicações da Janssen já chegaram aos braços de 298.459 gaúchos desde o dia 26 de junho – mais de cinco meses após o começo da campanha.

Os quantitativos, índices de cobertura e outros detalhes foram apurados no início da noite desta sexta-feira (3) e podem ser consultados na plataforma oficial de monitoramento da Secretaria Estadual da Saúde (SES). Confira as atualizações em vacina.saude.rs.gov.br.

Já no que se refere à aplicação da primeira dose de qualquer uma das três vacinas de dupla etapa, são mais de 7,66 milhões de contemplados. Em termos proporcionais, isso equivale a 88,8% dos adultos e a 70% da população geral que habita as 497 cidades do Estado.

Cobertura dos fármacos de duas etapas

Quanto à abrangência das vacinas ministradas em duas etapas, o predomínio de primeiras doses no Rio Grande do Sul é do imunizante de Oxford-Astrazeneca (47,5%), seguido pela Coronavac-Butantan (28,2%) e Pfizer-Comirnaty (24,3%).

Em procedimentos de segunda injeção, o imunizante de Oxford também lidera o ranking (50,9%). Na vice-liderança do ranking estadual aparece a Coronavac (44,7%) e em terceiro lugar a Pfizer (4,4%).

(Marcello Campos)