Parque de Exposições Assis Brasil deve receber 250 animais nesta segunda-feira

Na manhã de hoje (30), começaram a chegar os primeiros animais no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, para a realização da 44ª edição da Expointer. A maior feira agropecuária a céu aberto ocorrerá de 4 a 12 de setembro e contará com 4.057 animais, sendo 2.825 de argola e 1.232 rústicos.

As primeiras estrelas a pisarem no parque foram os ovinos, depois, alguns bovinos também ingressaram no local. Os demais participantes desembarcarão durante a semana. Segundo o subsecretário do Parque de Exposições Assis Brasil, Gabriel Fogaça, até o final desta segunda (30) devem chegar cerca de 250 animais.

“Faz aproximadamente 15 anos que é sempre a mesma cabanha a primeira entrar na Expointer, então esse ato é marcante para todos nós, pois ele marca o início da chegada dos grandes atores da feira que são as grandes atrações. A Expointer surgiu em função disso, nós ficamos surpresos pelo grande número de animais inscritos este ano”, destacou Fogaça.

A recepção dos animais de argola ocorre até sábado (04) das 8h às 22h. Os animais que participam de provas podem ingressar no parque durante todo o decorrer da feira, dentro deste horário. Os expositores também precisam passar por triagem de equipes de saúde e apresentar teste negativo para Covid antes da entrada no parque.

A secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), Silvana Covatti, também esteve presente na chegada dos animais. “A partir de hoje, o parque passa ser a casa, por alguns dias, do que há de melhor na nossa pecuária, que tem um nível de excelência no Estado. Além de festejarmos a nova condição sanitária de área livre de febre aftosa sem vacinação, também vamos comemorar nesta Expointer a safra recorde de soja do último verão e as boas projeções para as plantações de inverno”, afirmou Silvana.

Todos os animais que participam da Expointer são inspecionados pelo Serviço Veterinário Oficial. Em torno de 100 profissionais, entre veterinários, zootecnistas e técnicos agrícolas, estarão envolvidos na recepção sanitária, emissão de documentos e oficialização de julgamentos, entre outras tarefas.

O parque também já está pronto para receber o público. Depois do acesso com medição de temperatura, há também uma espécie de pia onde os frequentadores poderão lavar as mãos e passar álcool em gel.