O impacto da decisão de Gilmar que travou ações da Lava-Jato

A Lava-Jato no Rio é só desolação. A canetada de Gilmar Mendes travando as investigações contra advogados da Fecomércio delatados por Orlando Diniz chegou no momento em que outras ações importantes seriam deflagradas. 

Uma nova frente de investigação contra os advogados Cristiano Zanin e Eduardo Martins, por exemplo, apurava repasses indevidos a Orlando Diniz.

Os honorários seriam inflados em contrato pelos advogados para que parte do dinheiro retornasse ao bolso de Diniz. Um clássico esquema de desvio de recursos do Sistema S. 

 

Continua após a publicidade