‘Ninguém precisa ter medo do 7 de setembro’, diz Bolsonaro

Depois de o presidente do STF, ministro Luiz Fux, ter feito um pronunciamento em que pediu “respeito à democracia nacional”, Jair Bolsonaro discursou no Planalto para provocar mais um pouco.

Além de dizer que “ninguém precisa ter medo do 7 de setembro”, o presidente sugeriu que os chefes dos tribunais superiores em Brasília e do Congresso só conseguiriam discursar ao público apoiador do governo no feriado com sua própria intervenção.

“Se algum integrante da Mesa Diretora da Câmara, do Senado, do TCU, TSE, TST, do STF quiser subir em um carro de som comigo, eu garanto essa palavra”, disse.