Manifestantes fazem protestos em pontos de rodovias do RS


São registradas 11 mobilizações em nove rodovias federais e estaduais nesta quarta-feira (8). Grupos se manifestam de forma favorável e contrária ao governo. Manifestantes em Caxias do Sul, na Serra.
Luiza La Rocca/RBS TV
O Rio Grande do Sul registrou, nesta quarta-feira (8), protestos em rodovias de diferentes regiões do estado. Os manifestantes se concentraram em 11 pontos, em nove rodovias federais e estaduais. A maioria dos atos foi favorável ao governo federal.
Norte
No Norte do Estado, em Cruz Alta, as mobilizações começaram na terça-feira (7). Manifestantes permaneceram no Porto Seco, que é um dos trevos de acesso ao município e fica na altura do km 192 da BR-158. Durante a manhã desta quarta, tentaram abordar caminhoneiros, mas houve intervenção da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Com isso, se limitaram a convidar motoristas para participarem.
Já em Passo Fundo, os manifestantes se reuniram em um posto de combustíveis na altura do km 302 da BR-285 nesta quarta. O grupo não bloqueou o trânsito e convidou motoristas para participarem do ato.
Em Pontão, na altura do km 140 da RS-324, manifestantes usaram caminhões e máquinas agrícolas para interromper o tráfego de veículos nesta quarta. Entre as pautas que motivaram o protesto, a votação parlamentar sobre demarcação de terras e o preço do combustível. O bloqueio da rodovia foi feito de forma intermitente, ou seja, era interrompido por cinco minutos e liberado por outros cinco minutos. A previsão é que o protesto se encerre às 17h.
Indígenas bloquearam um trecho da BR-386 na altura do km 11 nesta quarta. Eles interrompem o tráfego de veículos por cerca de 30 minutos e fazem a liberação por mais 30 minutos. A manifestação é contra o marco temporal, que prevê que apenas terras ocupadas até 1988 podem ser demarcadas contra indígenas.
Ainda na BR-386, mas em Sarandi, na altura do km 135, a rodovia foi bloqueada por caminhoneiros nesta quarta. O tráfego era liberado e interrompido de forma intercalada.
Zona Sul
Em Pelotas, maior cidade da Zona Sul do Estado, houve manifestação de caminhoneiros na altura do km 66 da BR-392 nesta quarta. Não houve bloqueio da rodovia.
Região Metropolitana
Em Nova Santa Rita, na Região Metropolitana de Porto Alegre, manifestantes bloquearam nesta quarta um trecho da BR-386, na altura do km 435, no sentido Capital-Interior, mas o tráfego de veículos já foi liberado. O grupo de caminhoneiros permaneceu em um posto de combustíveis e convidava motoristas a participarem da mobilização.
Houve manifestações na RS-040, em Viamão, nesta quarta. Quem protestava se concentrou às margens da rodovia e não houve bloqueios no trânsito.
Em Santo Antônio da Patrulha, no km 0 da RS-474, houve manifestação na saída da Freeway, junto a um posto de combustíveis. As ações começaram na terça e caminhoneiros convidavam motoristas a integrar o ato. Não houve bloqueio da rodovia.
Serra
Em Caxias do Sul, manifestantes bloquearam a RS-122, próximo da entrada à cidade, durante a manhã desta quarta. Eles se posicionaram em pontos da rodovia que dão acesso aos bairros Forqueta, São Braz e Flores da Cunha.
Em Montenegro, as mobilizações começaram terça-feira (7) na altura do km 31 da RS-240, junto à rótula de acesso a Pareci Novo. Caminhoneiros convidavam motoristas a participarem do protesto. Eles ficaram junto de um posto de combustíveis e não bloquearam o tráfego de veículos.
VÍDEOS: Tudo sobre o RS