Inscrições para concurso do Banco do Brasil são prorrogadas; confira as vagas no RS


Mais de 150 vagas imediatas serão preenchidas. Concurso seleciona também para cadastro reserva. Cargo é de nível médio e salário é de R$ 3 mil. Sede do Banco do Brasil, em Brasília
Adriano Machado/Reuters
O Banco do Brasil prorrogou até 7 de agosto as inscrições para o concurso para cargo de escriturário em todo o Brasil, que se encerraria nesta quarta-feira (28).
O Rio Grande do Sul tem mais de 150 vagas imediatas, além de cadastro reserva. As provas no estado ocorrem em cinco cidades: Passo Fundo, Caxias do Sul, Porto Alegre, Santa Maria e Pelotas. Veja mais abaixo.
No total, serão 4.480 vagas em todo o país.
VEJA O EDITAL NO SITE DA CESGRANRIO
As inscrições devem ser feitas pelo site da Cesgranrio, e têm valor de R$ 38.
No vídeo abaixo, saiba como ler editais e aprenda os principais pontos de atenção:
Concursos públicos: saiba como ler editais
OPORTUNIDADES: Veja lista com concursos e vagas de emprego pelo país
Vagas no RS
Vagas para o RS no concurso do BB
O concurso terá provas objetivas e redação, previstas para o dia 26 de setembro, e seguirá os protocolos de prevenção à Covid-19.
Os candidatos podem concorrer para agente comercial, que trabalha na rede de agências do BB, em todo o país, ou para agente de tecnologia, que assume na área de Tecnologia, em Brasília.
Os requisitos são: ter certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, e idade mínima de 18 anos completos, até a data da contratação.
A remuneração inicial é de R$ 3.022,37, para jornada de 30 horas semanais. O banco oferece ainda ajuda alimentação/refeição de R$ 831,16 por mês e, cumulativamente, concede cesta alimentação no valor mensal de R$ 654,87.
Há possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional; participação nos lucros ou resultados; vale-transporte; auxílio-creche; auxílio a filho com deficiência e previdência complementar. Os funcionários do BB possuem ainda acesso à Universidade Corporativa Banco do Brasil (UniBB).
Do total, 5% das vagas são reservadas para pessoas com deficiência e 20% para candidatos que se autodeclararem pretos ou pardos.
Como será a prova
As provas objetivas terão questões de Conhecimentos Básicos (25 questões): Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Atualidades do Mercado Financeiro; e Conhecimentos Específicos (45 questões), de acordo com a vaga pretendida:
Agente de Tecnologia: Probabilidade e Estatística, Conhecimentos Bancários e Tecnologia da Informação.
Agente Comercial: Matemática Financeira, Conhecimentos Bancários, Negociação e Vendas e Conhecimentos de Informática.
Serão ofertadas vagas em dependências situadas em todos os estados e no Distrito Federal. No momento da inscrição, o candidato deverá escolher a UF/Macrorregião/Microrregião e a cidade de realização das provas.
A seleção tem validade de um ano, a contar da data de publicação do edital de homologação dos resultados finais, podendo ser prorrogada, uma única vez, por igual período. Ou seja, é nesse período que o banco pode chamar os candidatos aprovados.
No caso das vagas dentro do cadastro de reserva, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.
Concurso ocorre após banco lançar PDVs
O concurso é lançado após o Banco do Brasil anunciar em janeiro a abertura de dois Programas de Demissão Voluntária com a previsão de adesão de cerca de 5 mil funcionários.
Em fevereiro, o BB informou que haviam sido validadas 5.533 adesões aos dois programas de desligamentos voluntários anunciados em janeiro.
Em julho de 2019, o banco anunciou outro plano de desligamento incentivado. Aderiram ao PDV 2.367 funcionários.
VÍDEOS: tudo sobre o RS