Duas pessoas são presas em Canela; apartamento era usado para produzir nova droga sintética, diz BM


Droga conhecida como “bafo” tem efeito seis vezes mais forte do que o lança perfume e seria distribuída na região, de acordo com a polícia. Foram apreendidos 24 frascos e uma garrafa de dois litros com o líquido entorpecente. Droga sintética foi apreendida pela Brigada Militar em apartamento, em Canela.
Brigada Militar/Divulgação
A Brigada Militar prendeu duas pessoas em flagrante e fechou um local que era usado como laboratório para produção de uma nova droga sintética, em Canela, na Serra do Rio Grande do Sul.
Segundo a BM, a droga conhecida como “bafo” tem efeito seis vezes mais forte que o lança perfume e seria distribuída na região. Foram apreendidos 24 frascos e uma garrafa de dois litros com o líquido entorpecente.
Os policias chegaram ao local após prender um outro traficante em uma abordagem. O preso passou informações de que um traficante de drogas sintéticas iria realizar uma entrega na Rua Osvaldo Aranha, na entrada da cidade.
Com o suspeito, de 23 anos, foram encontrados dois frascos do líquido da nova droga e 24 gramas de maconha. À policia, ele informou que a droga era produzida no apartamento em que morava. Uma jovem, de 20 anos, que seria responsável pela venda e entrega das mercadorias foi presa no local.
Os dois vão responder pelo crime de tráfico de drogas.