Viracopos fecha julho com melhor fluxo de passageiros em 18 meses e mira patamar pré-pandemia


Aeroporto de Campinas recebeu 906,4 mil viajantes, terceiro melhor resultado para julho em série histórica, mas indicador é inferior ao de 2019. Fluxo no terminal de cargas é recorde. Terminal em Campinas recebeu 906 mil passageiros em julho
Aeroportos Brasil Viracopos
O Aeroporto de Viracopos registrou em julho o maior fluxo de passageiros em 18 meses após somar 906,4 mil viajantes em voos domésticos e internacionais. O movimento é 8,9% inferior ao do mesmo período em 2019, mas a concessionária do terminal em Campinas (SP) começa a mirar em patamares pré-pandemia ao acumular saldo 53% acima do verificado nos sete primeiros meses do ano passado.
A estrutura também encerrou o mês com recorde na movimentação de cargas. Veja abaixo detalhes.
Reflexos da vacinação
O resultado de julho é o terceiro maior para este mês desde 2013, quando a administração do aeroporto passou a ser feita integralmente pela iniciativa privada. A Aeroportos Brasil Viracopos destaca também que a quantidade significa voltar a superar a marca de 900 mil passageiros, o que não ocorria desde janeiro do ano passado, antes da crise sanitária, quando foram 964,7 mil viajantes.
Apesar de contabilizar o maior número de atendidos em voos internacionais desde janeiro, 19,4 mil, Viracopos segue distante do período pré-pandemia neste indicador. O total representa, por exemplo, 18,7% dos 103,5 mil que viajaram ao exterior ou chegaram ao Brasil, em julho de 2019, pelo aeroporto.
A concessionária não revela se há um número definido como expectativa para este ano, mas espera continuidade do crescimento gradativo e ultrapassar o saldo total de 2020, de 6,7 milhões. Neste caso, o resultado influenciado por reflexos da Covid-19 foi 36,6% menor do que os 10,5 milhões de viajantes.
“Com o avanço da vacinação contra a Covid-19, que conta com a infraestrutura de Viracopos para a importação e distribuição de milhões de doses ao país, o aeroporto já começa a operar com um movimento bem próximo dos patamares considerados normais”, informou, em nota, o diretor de Operações de Viracopos, Marcelo Mota.
Considerando-se as 31 cidades da área de cobertura do G1 Campinas na região, 27,79% da população já está totalmente imunizada – seja com duas doses ou vacina com dose única.
Julho de 2019
Passageiros em voos domésticos: 892.029
Passageiros em voos internacionais: 103.526
Julho de 2020
Passageiros em voos domésticos: 373.910
Passageiros em voos internacionais: 9.316
Julho de 2021
Passageiros em voos domésticos: 886.976
Passageiros em voos internacionais: 19.458
Recorde de cargas
O mês de julho também representou o maior volume de cargas movimentadas por Viracopos desde janeiro: 30.464 toneladas, o que representou acréscimo de 2,8% sobre as 29.611 toneladas de junho. O recorde anterior era de 30.151 toneladas, contabilizado em abril deste ano.
Parte do saldo está associado à pandemia, uma vez que o terminal tem sido usado na logística de produtos para enfrentamento à Covid-19, incluindo remessas de vacinas da Pfizer.
O relatório da concessionária indica que 7.612 toneladas de cargas domésticas passaram pelo terminal no período: elas foram recebidas na metrópole de outras cidades do Brasil ou enviadas a terminais em território nacional.
Além disso, 22.852 toneladas são de itens internacionais – fluxo que envolve outros países; enquanto 691 toneladas são classificadas como courier – remessas internacionais de documentos ou encomendas transportadas ou liberadas sob regime aduaneiro específico, destaca a gestora.
VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e região
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Artigo anteriorRio Grande do Sul tem 52 casos confirmados da variante delta do coronavírus
Próximo artigoPGR diz não ver crime de Bolsonaro por aglomeração e falta de máscara em eventos