RS muda critérios de distribuição de vacinas contra Covid para completar aplicação da 1ª dose em adultos


Estado passa a desconsiderar faixas etárias, levando em conta apenas o quanto falta para que cada município vacine maiores de 18 anos. Secretaria da Saúde estima que é necessário ter 1,6 milhão de doses para atingir meta em 25 de agosto. Distribuição de doses entre cidades do RS será feita na quarta (18)
Gustavo Mansur/Palácio Piratini
O governo do Rio Grande do Sul e os municípios pactuaram, nesta segunda-feira (16), um novo cálculo para distribuição de vacinas contra a Covid-19. Os novos critérios de distribuição passam a valer a oito dias do prazo estabelecido para completar a aplicação da primeira dose em adultos, em 25 de agosto.
A partir de agora, a Secretaria Estadual da Saúde (SES) não considera mais as faixas etárias para definir quantas doses cada município irá receber. Como a vacinação já se aproxima de jovens de 18 anos em quase todo o estado, apenas a quantidade de doses necessárias para cobrir a demanda das cidades será considerada.
“Vamos calcular quantas doses para primeira aplicação ou aplicação única cada município ainda precisa receber, independentemente de qual idade aquele município esteja vacinando”, explica a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica da SES, Tani Ranieri.
Conforme o governo, o cálculo será realizado levando em conta todas as remessas já distribuídas até o momento. O acordo foi feito durante reunião de gestores municipais e estaduais, na Comissão Intergestores Bipartite (CIB).
A próxima distribuição de doses deve ocorrer na quarta (18), quando serão entregues aos municípios remessas que chegaram ao RS no sábado (14) e na segunda (16).
A secretária-adjunta da SES, Ana Costa, comenta que o novo cálculo fará com que o estado chegue junto à meta de 100% dos adultos vacinados com uma dose.
“Agora, na contagem regressiva, é importante nos basearmos nas doses que faltam em cada um dos municípios para que cheguem na meta o mais próximos uns do outros. Vamos completar juntos a meta que o estado propôs”, afirma.
O governo aponta que é necessário ter 1,6 milhões de doses para atingir o objetivo. Ao menos 39 dos 497 municípios gaúchos já informaram à SES que receberam vacinas suficientes para a primeira aplicação em toda a população acima de 18 anos.
Governo do RS antecipa vacinação da população adulta para 25 de agosto
VÍDEOS: Tudo sobre o RS

Artigo anteriorPacheco, Lira e Ciro concordam: é preciso tolerar e ignorar Bolsonaro
Próximo artigoGoverno avalia editar medida provisória para marco legal de ferrovias, diz ministro