Rio Grande do Sul recebe 17 pacientes com coronavírus vindos de Manaus

Pacientes foram levados ao Hospital Universitário de Canoas e ao Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre

Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini

Pacientes foram levados ao Hospital Universitário de Canoas e ao Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre. (Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini)

Dezessete pacientes infectados pelo coronavírus vindos de Manaus (AM) desembarcaram no Rio Grande do Sul, na noite de segunda-feira (1º). São 14 homens e três mulheres, com idades entre 33 e 70 anos.

Nove foram levados ao Hospital Universitário de Canoas e oito encaminhados ao Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre. Caso algum paciente tenha o seu quadro piorado e precise de atendimento em UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), poderá ser encaminhado ao Hospital de Clínicas.

Um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) trouxe os pacientes ao Estado e uma frota de ambulâncias de suporte avançado e de suporte básico do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) encaminhou essas pessoas para os hospitais, com escolta da Brigada Militar. Elas passaram por uma nova triagem e foram imediatamente encaminhadas para uma área isolada em cada um dos hospitais, inclusive de outros pacientes Covid-19, por medidas de biossegurança.

Pacientes de Rondônia

Além dos manauaras, o RS já recebeu, desde o dia 27 de janeiro, 18 pacientes oriundos de Porto Velho, em Rondônia. Eles foram alocados nos hospitais de Clínicas, Nossa Senhora da Conceição e Vila Nova, na Capital. Destes, cinco já receberam alta e voltaram para casa.

Voltar Todas de Rio Grande do Sul