Programa Troca-Troca de Sementes abre prazo para habilitação de empresas fornecedoras no RS

A Seapdr (Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do RS) abriu prazo para habilitação de empresas que tenham interesse em fornecer sementes de milho e sorgo para o Programa Troca-Troca de Sementes para a safra 2021/2022.

O aviso foi publicado no Diário Oficial do Estado na quinta-feira (1º) e prevê prazo de 15 dias para o envio das manifestações de interesse. “Esse é o primeiro passo para o início das ações para operacionalização da safra 2021/2022”, disse a secretária Silvana Covatti. “A partir da habilitação das empresas, poderemos repassar aos agricultores e entidades participantes do Programa Troca-Troca de Sementes quais serão as cultivares disponíveis para essa próxima safra”, completou.

Na última safra, o programa ofereceu 53 cultivares de milho e sorgo de dez diferentes empresas para a livre escolha dos produtores. A disponibilidade de cultivares e a liberdade de escolha que o agricultor tem para que possa fazer o cultivo daquela mais apropriada para a sua realidade são premissas básicas do programa e alguns dos principais fatores que justificam sua amplitude em todo Estado.

“Queremos que o agricultor, por meio de sua entidade e com apoio de assistência técnica de forma direta da Emater, possa optar pelo material com melhores características para o seu sistema de produção e de acordo com as características da sua propriedade”, explicou o coordenador do programa, Jonas Wesz.

As empresas interessadas devem enviar a documentação preferencialmente de forma digital para o e-mail [email protected] Os documentos também podem ser enviados de forma física para a Seapdr: avenida Praia de Belas, 1.768, 3º andar, em Porto Alegre.