PRF evita tragédia na BR 116 envolvendo caminhonete com sete ocupantes

Motorista viajaria por quase 300 km com quatro adultos e três crianças, e uma delas estava solta no carro, no colo da mãe.

Foto: Divulgação/PRF

Motorista viajaria por quase 300 km com quatro adultos e três crianças, e uma delas estava solta no carro, no colo da mãe. (Foto: Divulgação/PRF)

No final da manhã deste sábado (13), na BR 116, em Barra do Ribeiro, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) flagrou uma Frontier, com placas de Pelotas, que transitava levando sete pessoas, sendo quatro adultos e três crianças, uma delas um bebê de 2 anos. Os policiais evitaram acidente envolvendo o veículo e uma moto, além de diminuir a ocupação do veículo, que estava acima do permitido, oferecendo risco aos ocupantes.

Em policiamento ostensivo na rodovia, a equipe se deparou com uma situação envolvendo uma caminhonete e uma moto, em que o veículo jogou a motocicleta para fora da pista, quase causando um acidente. Os policiais então se aproximaram da caminhonete e conseguiram interceptá-la.

O condutor do carro, um homem de 62 anos, de Pelotas, disse que não percebeu a presença da motocicleta. Em vistoria ao veículo, os policiais constataram que o carro estava transitando com excesso de passageiros, com quatro adultos e três crianças, sendo uma delas um bebê de 2 anos, que estava no colo da mãe, sem o dispositivo de retenção adequado. O motorista viajaria por quase 300 km, entre Pelotas e Canoas, e no caso de um acidente, poderia ocorrer uma tragédia.

O condutor fez o teste com o bafômetro, que não indicou presença de álcool em seu organismo. Ele foi autuado e seguiu viagem em segurança. Os passageiros que excediam a capacidade da caminhonete seguiram a viagem de ônibus.

Voltar Todas de Rio Grande do Sul