Preso mais um envolvido na morte de policial militar em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre

Mais um participante no assassinato do soldado Cristian da Rosa Oliveira, 36 anos, do 26º BPM de Cachoeirinha, foi preso pela Polícia Civil.

Trata-se do adolescente, de 17 anos, suspeito de ter sido o autor dos disparos que mataram o policial militar durante assalto na noite da última quarta-feira (17) na rua Água Turquesa, no bairro Morada do Vale II, em Gravataí. Ele estava foragido. Agora resta apenas capturar o último criminoso, de 19 anos, envolvido também no latrocínio.

O menor de idade apresentou-se na madrugada deste sábado (20), acompanhado de um advogado, no Deca (Departamento Estadual da Criança e do Adolescente) da Polícia Civil, em Porto Alegre.

Por decisão judicial da juíza plantonista de Gravataí, o menor de idade foi encaminhado para a Fundação de Atendimento Sócio-Educativo do Rio Grande do Sul  em razão de medida de internação provisória. A medida de internação provisória foi decretada após um trabalho de cooperação entre a Polícia Civil e o Ministério Público do Rio Grande do Sul.