Polícia Civil prende estudante de Direito suspeito de estupro contra dois primos de 9 e 14 anos em Uruguaiana

A Polícia Civil prendeu preventivamente nesta sexta-feira (28), em Uruguaiana, um homem de 20 anos, estudante de direito, suspeito de estupro de vulnerável, praticado contra seus dois primos de 9 e 14 anos.

Os abusos foram descobertos após a criança de nove anos apresentar comportamentos sexualizados, que causaram estranheza na família. Questionada pela mãe, a criança contou que havia sido abusada sexualmente pelo suspeito, seu primo, por mais de dez vezes no último ano.

O suspeito, que convivia com a vítima, aproveitava os momentos que ficava sozinho para praticar os abusos. Após saber disso, o irmão da vítima, um adolescente de 14 anos, contou para sua mãe que também havia sido estuprado pelo suspeito no ano passado.

A partir do registro da ocorrência policial, a DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) de Uruguaiana representou pela prisão preventiva do suspeito.