Polícia Civil deflagra Operação Dominus contra organização criminosa e prende 43 em Santa Maria

Na manhã desta sexta-feira (11) a PC (Polícia Civil) deflagrou a Operação Dominus, para desarticular uma organização criminosa de Santa Maria e região central do Estado, com ligação a uma facção do Vale dos Sinos.

Foram 43 prisões realizadas, além das 10 prisões ao longo da investigação. Entre os presos, está a principal liderança do grupo criminoso. A operação ainda teve como meta atingir a organização financeiramente, com bloqueio e sequestro de bens e valores.Nesta sexta foram apreendidas armas, munições, drogas, balança de precisão, celulares, veículos e documentos bancários.

Aproximadamente 200 policiais cumpriram 48 mandados de prisão temporária, 28 mandados de busca e apreensão, 11 bloqueios de contas bancárias nas cidades de Santa Maria, Mata e Dilermando de Aguiar.

Foram seis meses de investigação e os crimes investigados são organização criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, financiamento do tráfico, roubo, furto, posse e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e restrito, além de corrupção de menor.

Durante o período de investigação, iniciada em dezembro de 2020, 10 pessoas foram presas por tráfico e associação para o tráfico de drogas, uma adolescente foi apreendida em flagrante três vezes por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Ainda neste período foram apreendidas 16 armas, mais de 500 munições de diversos calibres, drogas (maconha, cocaína e crack), um veículo e quase 10 mil reais em dinheiro. Também houve 20 representações de interceptação telefônica, 8 quebras de sigilo telefônicos/dados telemáticos e 4 quebras de sigilo bancário. Na data de ontem foram cumpridos 2 mandados de busca e apreensão em 28 celas em estabelecimento prisional de Santa Maria.

A operação teve o apoio da Base Aérea de Santa Maria, PRF, SUSEPE, Prefeitura de Santa Maria e IGP.