Operação policial conjunta prende quatro pessoas na repressão aos crimes de roubo contra estabelecimentos bancários no RS e em Santa Catarina

A Polícia Civil em ação conjunta com a Brigada Militar deflagrou, nesta terça-feira (30), uma operação policial com finalidade de prevenir e de reprimir a prática de crimes de roubos a estabelecimentos bancários, no Estado do Rio Grande do Sul.

Os cumprimentos das 14 ordens judiciais foram realizadas na cidade de Porto Alegre, Guaíba, Canoas, Camaquã e na Praia do Camacho no Estado de Santa Catarina, sendo dez mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisões preventivas. Três dos suspeitos foram presos preventivamente, uma mulher foi presa em flagrante por porte de arma de fogo e um dos suspeitos segue foragido.

As ações operacionais decorrem da integração e da união de esforços entre ambas as Instituições da segurança pública com as suas respectivas operações: Operação Sapatinho da Polícia Civil, investigação da 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos, e Operação Angico, trabalho da Agência Central de Inteligência da Brigada Militar. Ambas com o mesmo objetivo a captura de foragidos por crimes contra instituições bancários e afins, bem como a descoberta de autoria de fatos ocorridos no RS.

Ao todo, participaram cerca de 90 policiais, de ambas as Instituições com apoio das Delegacias de Repressão a Roubos de Veículos.  A operação contou com o apoio da Polícia Civil do Estado de Santa Catarina da região de Jaguaruna.