O Rio Grande do Sul se aproxima de 950 mil testes positivos de coronavírus. Doença já matou 24.266 gaúchos

Com 1.131 novos testes positivos e mais 73 mortes por coronavírus, o Rio Grande do Sul chegou a 949.965 casos confirmados da doença, dos quais 24.266 resultaram em óbito. É o que aponta o balanço divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (SES) na tarde desta segunda-feira (26).

Dentre os gaúchos infectados em mais de 13 meses de pandemia, 914.823 (96%) já se recuperaram da covid, que atinge os 497 municípios gaúchos. A taxa geral de ocupação das unidades de terapia intensiva (UTIs), por sua vez, estava em 85,7% na noite desta segunda-feira – eram 2.898 pacientes adultos para 3.378 leitos.

Já no que se refere à imunização, até o fim da tarde haviam sido aplicadas 2,07 milhões de vacinas em primeira dose, o que corresponde a 40,8% dos grupos prioritários da campanha (cerca de 5 milhões dos 11,3 milhões de habitantes do Estado). Já a segunda aplicação contemplou 666.486 gaúchos, ou 13,1% do público-alvo.

Assim, o número de injeções contra o coronavírus aplicadas no Rio Grande do Sul é de 2,73 milhões. O total de doses recebidas pela SES desde o dia 18 de janeiro é de 3,84 milhões – a diferença se explica pela orientação de autoridades e especialistas para que sejam reservadas ampolas para a segunda aplicação.

Esses e outros detalhes podem ser conferidos no site oficial estado.rs.gov.br e nas plataformas digitais da Secretaria Estadual da Saúde, a exemplo de covid.saude.rs.gov.br. A atualização é diária e alguns dados são atualizados de forma constante.

Perdas humanas

Os falecimentos mais recentes por coronavírus abrangem vítimas com as mais variadas idades. Nos extremos da lista estão duas mulheres: uma moradora de Sapiranga (Vale do Sinos) que sucumbiu aos 30 anos e uma anciã de Cacique Doble (Noroeste do Estado) que perdeu a batalha para a Covid aos 90 anos. Confira os perfis resumidos:

– Alegrete (homem, 33);
– Alvorada (mulher, 62);
– Alvorada (mulher, 69);
– Alvorada (homem, 47);
– Alvorada (mulher, 69);
– Arroio do Sal (mulher, 62);
– Arroio do Sal (homem, 37);
– Bagé (mulher, 60);
– Bagé (mulher, 50);
– Balneário Pinhal (mulher, 59);
– Bom Progresso (homem, 78);
– Cacique Doble (mulher, 90);
– Canela (homem, 38);
– Canguçu (mulher, 76);
– Capão do Leão (mulher, 76);
– Carazinho (mulher, 62);
– Carazinho (homem, 53);
– Caxias do Sul (homem, 70);
– Cerrito (homem, 70);
– Cruz Alta (mulher, 35);
– Dom Pedrito (mulher, 75);
– Espumoso (mulher, 67);
– Garruchos (homem, 46);
– Giruá (mulher, 77);
– Gravataí (homem, 39);
– Gravataí (homem, 89);
– Gravataí (mulher, 46);
– Gravataí (homem, 47);
– Ijuí (homem, 75);
– Ijuí (homem, 65);
– Imbé (homem, 70);
– Imbé (homem, 66);
– Imbé (homem, 48);
– Iraí (mulher, 55);
– Maquiné (homem, 70);
– Muitos Capões (homem, 76);
– Nova Palma (homem, 75);
– Parobé (mulher, 52);
– Parobé (homem, 64);
– Pelotas (mulher, 69);
– Pelotas (mulher, 66);
– Portão (mulher, 66);
– Porto Alegre (mulher, 53);
– Porto Alegre (homem, 68);
– Presidente Lucena (mulher, 52);
– Progresso (homem, 59);
– Quaraí (mulher, 73);
– Riozinho (homem, 66);
– Rosário do Sul (mulher, 67);
– Sananduva (homem, 53);
– Santa Maria (mulher, 77);
– Santa Maria do Herval (mulher, 60);
– Santo Ângelo (mulher, 62);
– São Francisco de Paula (homem, 41);
– São Miguel das Missões (homem, 61);
– São Pedro do Sul (mulher, 66);
– São Sebastião do Caí (mulher, 68);
– Sapiranga (mulher, 30);
– Sapiranga (mulher, 73);
– Sapucaia do Sul (homem, 53);
– Sarandi (mulher, 63);
– Sarandi (mulher, 88);
– Tapes (mulher, 63);
– Tapes (homem, 61);
– Uruguaiana (homem, 60);
– Viamão (mulher, 80);
– Viamão (homem, 65);
– Viamão (homem, 55);
– Viamão (homem, 63);
– Viamão (mulher, 72);
– Viamão (homem, 33);
– Viamão (mulher, 66);
– Viamão (mulher, 72).

(Marcello Campos)