O governo gaúcho deve receber mais 700 mil doses de vacinas contra o coronavírus nos próximos dias

Em entrevistas à imprensa nesta quarta-feira (24), o governador Eduardo Leite mencionou a expectativa de que o Rio Grande do Sul receba ao menos 700 mil novas doses de vacinas contra o coronavírus. Ele não precisou uma data, limitando-se a dizer que a remessa deve chegar em breve. A projeção também foi citada pela secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann.

Segundo eles, esse reforço será viabilizado pela produção de quase 11 milhões de unidades do imunizante Coronavac, nos próximos dias, a cargo do Instituto Butantan-SP, parceiro no Brasil do laboratório chinês Sinovac. Em caráter ainda extraoficial, cogita-se um possível desembarque nos Estados nesta quinta ou sexta-feira (26).

O produto tem sido predominante nos lotes do Ministério da Saúde, em comparação com as ampolas de Oxford, elaboradas pela farmacêutica Astrazeneca em parceria, no País, com a Fiocruz-RJ. Esse último, aliás, também, deve ter mais uma remessa – cerca de 120 mil doses – até o fim do mês.

Estatística

Até o início da noite desta quarta-feira, o Rio Grande do Sul se aproximou de 1,15 milhão de unidades de vacinas contra o coronavírus aplicadas na população: são 866,808 injeções em primeira e 281.217 em segunda dose (tanto a Coronavac quando Oxford têm ciclo em duas etapas). A campanha começou no Estado em 19 de janeiro.

Os números indicam que, proporcionalmente, 17,1% das pessoas que integram o segmento prioritário de imunização já receberam a primeira aplicação, de acordo com os dados do painel oficial do Estado. Já no que se refere à segunda, o índice é de 5,5%.

A estatística pode ser conferida no site vacina.saude.rs.gov.br e é acompanhada de informações adicionais para que a população acompanhe o andamento da campanha no Estado. Com atualização constante, são publicados dados sobre aspectos como gênero e faixa etária dos contemplados, bem como a quantidade de doses aplicadas de cada fabricante.

“Em vários grupos com esse perfil, como moradores e funcionários de instituições de longa permanência e profissionais de saúde da linha-de-frente do combate à Covid, por exemplo, a cobertura já é de praticamente 100%.” A população total do Rio Grande do Sul, vale lembar, é estimada em 11,3 milhões de pessoas em 497 municípios.

Lotes até agora

– 1ª remessa (18 de janeiro): 341,8 mil doses de Coronavac;

– 2ª remessa (24 de janeiro): 116 mil doses de Oxford;

– 3ª remessa (25 de janeiro): 53,4 mil doses de Coronavac;

– 4ª remessa (07 de fevereiro: 193,2 mil doses de Coronavac;

– 5ª remessa (24 de fevereiro): 135 mil doses de Oxford;

– 6ª remessa (24 de fevereiro): 84,2 mil doses de Coronavac;

– 7ª remessa (3 de março): 174 mil doses de Coronavac;

– 8ª remessa (9 de março): 187,8 mil doses de Coronavac;

– 9ª remessa (17 de março): 318,2 mil doses de Coronavac;

– 10ª remessa: (20 de março): 285,8 mil doses de Coronavac e 36,2 mil de Oxford.

(Marcello Campos)