O coronavírus já matou 20.600 gaúchos. Casos confirmados totalizam mais de 860 mil em 13 meses

O boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (5) pela Secretaria Estadual da Saúde (SES) acrescentou 906 testes positivos e 101 mortes por coronavírus no Rio Grande do Sul. Com isso, o contingente de gaúchos infectados em 13 meses de pandemia é de 860.924, dos quais 20.600 não sobreviveram.

Já os recuperados da doença no Estado totalizam 826.381 (96%), ao passo que 13.871 indivíduos têm a sua situação sob acompanhamento pelas autoridades de saúde – esse segundo grupo abrange desde os assintomáticos em quarentena domiciliar até os pacientes em estado grave nas unidades de terapia intensiva de hospitais.

Ainda sobre os óbitos por coronavírus, a média nos últimos sete dias é de 216 a cada 24 horas. Na véspera, esse indicador era de 240 óbitos. Como os dados costumam ficar represados nos fins de semana (principalmente quando há feriadão, como o de Páscoa), é possível que nesta terça-feira (6) se verifique elevação considerável no indicador.

No final da noite desta segunda-feira, as unidades de terapia intensiva (UTIs) do Rio Grande do Sul apresentavam uma taxa geral de ocupação de 95,5%, com 3.247 pacientes internados, em uma infraestrutura de 3.399 leitos no Estado.

Já no que se refere à vacinação em andamento, ao menos 1,27 milhão de habitantes do Estado receberam a primeira dose (Coronavac ou Oxford) e mais de 312 mil foram contemplados pela segunda aplicação. Esses contingentes correspondem, respectivamente, a cerca de 25,1% e 6,1% da população gaúcha, que é de 11.329.605 habitantes em 497 municípios.

Perdas humanas

O predomínio de idosos entre os falecimentos pela doença continua inalterado, mas o espectro etário é amplo. Desta vez, a vítima mais jovem é um homem de 30 anos que residia em Guaíba (Região Carbonífera) e a mais velha é um idoso de 96 anos, morador de Espumoso (Norte gaúcho). Confira a lista:

– Alvorada (mulher, 77);
– Alvorada (mulher, 63);
– Alvorada (mulher, 56);
– Alvorada (homem, 35);
– Alvorada (homem, 80);
– Alvorada (mulher, 74);
– Balneário Pinhal (homem, 55);
– Bozano (homem, 67);
– Caçapava do sul (homem, 67);
– Cachoeira do Sul (mulher, 74);
– Cachoeirinha (homem, 67);
– Cachoeirinha (homem, 70);
– Cachoeirinha (homem, 46);
– Camaquã (homem, 73);
– Campo Novo (mulher, 71);
– Candelária (mulher, 32);
– Candelária (homem, 84);
– Candelária (homem, 64);
– Canela (homem, 66);
– Canguçu (homem, 53);
– Capão da Canoa (homem, 76);
– Capão da Canoa (mulher, 52);
– Capão do Leão (mulher, 81);
– Capão do Leão (mulher, 74);
– Capela de Santana (homem, 63);
– Catuípe (homem, 40);
– Catuípe (mulher, 59);
– Cruz Alta (homem, 55);
– Dom Pedrito (mulher, 65);
– Eldorado do Sul (mulher, 46);
– Eldorado do Sul (mulher, 64);
– Eldorado do Sul (homem, 72);
– Espumoso (homem, 96);
– Estância Velha (homem, 73);
– Estrela (homem, 73);
– General Câmara (homem, 30);
– General Câmara (homem, 64);
– Guaíba (homem, 30);
– Ibirubá (mulher, 62);
– Ibirubá (mulher, 82);
– Ijuí (homem, 71);
– Ijuí (homem, 82);
– Imbé (mulher, 69);
– Imbé (mulher, 42);
– Jóia (homem, 67);
– Júlio de Castilhos (homem, 55);
– Mato Leitão (homem, 62);
– Não-Me-Toque (mulher, 75);
– Não-Me-Toque homem, 74);
– Não-Me-Toque (mulher, 64);
– Não-Me-Toque (mulher, 74);
– Não-Me-Toque (mulher, 49);
– Nonoai (homem, 38);
– Nova Hartz (homem, 61);
– Nova Santa Rita (homem, 49);
– Nova Santa Rita (homem, 75);
– Novo Hamburgo (homem, 62);
– Pelotas (homem, 72);
– Pelotas (homem, 51);
– Pelotas (homem, 53);
– Pelotas (mulher, 70);
– Pelotas homem, 75);
– Pelotas (homem, 54);
– Pelotas (homem, 54);
– Pinhal da Serra (homem, 57);
– Porto Alegre (mulher, 72);
– Porto Alegre (homem, 81);
– Porto Alegre (homem, 62);
– Restinga Seca (homem, 66);
– Rolador (mulher, 76);
– Salvador das Missões (homem, 59);
– Santa Cruz do Sul (homem, 60);
– Santa Maria (mulher, 81);
– Santa Maria (mulher, 58);
– Santo Ângelo (homem, 69);
– Santo Ângelo (homem, 41);
– Santo Antônio da Patrulha (homem, 91);
– Santo Antônio da Patrulha (mulher, 64);
– São Borja (mulher, 74);
– São Francisco de Assis (mulher, 57);
– São Francisco de Assis (homem, 72);
– São Leopoldo (mulher, 43);
– São Leopoldo (mulher, 57);
– São Leopoldo (mulher, 83);
– São Vendelino (homem, 73);
– Sapiranga (homem, 68);
– Sapiranga (homem, 72);
– Serafina Corrêa homem, 75);
– Silveira Martins (homem, 62);
– Taquari (homem, 37);
– Teutônia (homem, 73);
– Torres (mulher, 89);
– Três Cachoeiras (homem, 43);
– Três Coroas (homem, 43);
– Unistalda (homem, 69);
– Vera Cruz (homem, 54);
– Viamão (homem, 59);
– Viamão (mulher, 80);
– Viamão (mulher, 55);
– Viamão (homem, 68);
– Vila Flores (homem, 66).

(Marcello Campos)