O coronavírus já infectou mais de 815 mil gaúchos. Casos fatais no Estado totalizam 17.941

Publicado nesta quinta-feira (25), o mais recente balanço epidemiológico da Secretaria Estadual da Saúde (SES) acrescentou 6.497 casos de coronavírus e 193 mortes à estatística da pandemia no Rio Grande do Sul. Com a atualização, o total de testes positivos desde o começo da pandemia chegou a 815.172, com 17.941 óbitos.

Já o número de recuperados da doença no Estado 768.587 (94%). Os infectados com situação monitorada pelas autoridades neste momento totalizam, por sua vez, 28.262 indivíduos, contingente que abrange desde os assintomáticos em quarentena domiciliar até os pacientes em estado grave internados em hospitais.

Cabe esclarecer que os óbitos não ocorreram em 24 horas, mas ao longo dos últimos dez dias, sendo acrescentados à estatística oficial com maior ou menor grau de agilidade. Para se ter uma ideia mais exata da situação, é possível calcular a média diária de perdas humanas em uma semana: 260.

Nos extremos da lista de óbitos estão um jovem de 19 anos que vivia em Arambaré (Litoral Sul) e uma anciã de 101 anos residente em Lajeado (Vale do Taquari). A maioria é de idosos, com 133 das 193 mortes mais recentes (69%). Por segmento populacional, as mortes relatadas nesta terça-feira estão assim distribuídas:

– 0 a 9 anos: sem registro;

– 10 a 19 anos: 1 óbito;

– 20 a 29 anos: 2 óbitos;

– 30 a 39 anos: 6 óbitos;

– 40 a 49 anos: 16 óbitos;

– 50 a 59 anos: 36 óbitos;

– 60 a 69 anos: 48 óbitos;

– 70 a 79 anos: 49 óbitos;

– 80 a 89 anos: 25 óbitos;

– 90 a 99 anos: 9 óbitos;

– Acima de 100 anos: 1 óbito.

Óbitos

O boletim do governo gaúcho com o perfil resumido de cada uma das vítimas mais recentes (cidade de residência idade) pode ser conferido na conta da SES no Twitter. Acompanhe, a seguir, a reprodução:

Alegrete 38; 60; 70;
Alvorada 34; 49; 55; 58; 63; 64; 70; 73;
Arambaré 19;
Arroio do Meio 86;
Arroio dos Ratos 49; 71;
Bagé 52;
Bento Gonçalves 92;
Cachoeira 62; 70; 72; 74;
Cachoeirinha 31; 50; 67; 73; 86;
Camaquã 77;
Campo Bom 73; 80;
Canela 81;
Canoas 34; 50; 64; 69; 81;
Capão Leão 40; 82;
Capela de Santana 63; 78;
Caxias do Sul 61; 71; 76; 77; 74;
Cerro Grande 61;
Constantina 64;
Cruz Alta 78; 88;
Dom Pedrito 89;
Doutor Maurício Cardoso 67;
Erechim 63; 64; 93;
Estância Velha 65;
Esteio 73;
Estrela 65;
Eugênio Castro 83;
Flores da Cunha 61; 84;
Gramado 62;
Gravataí 41; 45; 46; 51; 53; 55; 60; 62; 62; 70; 77; 85;
Guaíba 71; 77;
Igrejinha 55;
Jaguarão 60;
Jaguari 78;
Lajeado 51; 70; 101;
Lajeado do Bugre 71;
Montenegro 82;
Nova Candelária 62;
Nova Prata 60;
Nova Ramada 85;
Novo Hamburgo 45; 57; 58; 69; 70; 73; 79; 80; 83;
Parobé 59; 87;
Pelotas 53; 82; 87;
Pinheirinho Vale 68;
Porto Alegre 35; 40; 42; 49; 51; 53; 55; 56; 56; 56; 56; 57; 58; 59; 59; 61; 61; 62; 63; 65; 65; 67; 68; 69; 69; 71; 72; 73; 73; 75; 75; 75; 76; 76; 77; 79; 80; 81; 83; 86; 89; 92; 94; 94;
Rio Pardo 32;
Rosário do Sul 28;
Santa Bárbara do Sul 74;
Santa Rosa 73; 79; 82; 89;
Santa Vitoria Palmar 57;
Santana do Livramento 65; 94;
Santo Ângelo 62; 66;
Santo Cristo 65;
São Borja 59;
São Leopoldo 43; 48; 49; 51; 56; 59; 63; 65; 77;
São Lourenço do Sul 72;
São Luiz Gonzaga 76;
Sapiranga 64; 69; 91;
Sapucaia 23; 63; 70; 91;
Teutônia 66;
Tramandaí 64;
Três Arroios 56;
Três Coroas 70;
Três Passos 43;
Triunfo 49; 93;
Uruguaiana 43; 53; 55;
Viamão 57; 59; 69; 70; 71; 71;
Vista Alegre do Prata 58.

(Marcello Campos)