Novo relatório amplia para 29.351 os casos fatais de coronavírus no Rio Grande do Sul

O relatório diário da Secretaria da Saúde adicionou 6.146 testes positivos e 135 mortes por coronavírus à estatística da pandemia no Rio Grande do Sul, que completou exatos 15 meses nesta quarta-feira (10). A atualização ampliou para 1.137.010 as confirmações da doença no Estado, resultando até agora em 29.351 perdas humanas.

Dentre os gaúchos infectados até agora, 1.085.673 (95%) já se recuperaram da covid, que atinge todos os 497 municípios do Rio Grande do Sul. Outros 21.905 (2%) são considerados casos ativos (em andamento), o que inclui desde os assintomáticos em quarentena domiciliar até casos graves atendidos em hospitais.

Já a taxa média de ocupação das unidades de terapia intensiva (UTIs) por adultos era de 88,2% no final da noite, de acordo com o painel de monitoramento divulgado no portal covid.saude.rs.gov.br. O índice resulta da proporção entre 3.043 pacientes internados para um total de 3.449 leitos da modalidade.

Vacinação

Em relação à aplicação de vacinas contra o coronavírus, mais de 3,59 milhões de habitantes do Rio Grande do Sul receberam a primeira dose, o que representa 66% do grupo prioritário (5,25 milhões de gaúchos), 40,1% dos indivíduos vacináveis (8,95 milhões de adultos em geral) e 31,7% da população geral (11,3 milhões) dos 497 municípios.

A segunda dose do imunizante, por sua vez, contempla até agora 1,61 milhão. De acordo com dados da Secretaria da Saúde, isso representa 30,7% do grupo prioritário, 18% dos indivíduos vacináveis e 14,3% da população geral do Estado.

Perdas humanas

Colorado – 6;
Canoas – 25;
Santa Cruz do Sul – 25;
Bento Gonçalves – 31;
Portão – 31;
Panambi – 32;
Alvorada – 36;
Caxias do Sul – 36;
Itati – 36;
Carazinho – 37;
São Gabriel – 37;
Vacaria – 37;
Porto Alegre – 38;
Horizontina – 39;
Carazinho – 40;
Rio Grande – 40;
Santiago – 42;
Caxias do Sul – 43;
Rio Grande – 43;
Alegrete – 44;
Alegrete – 45;
Carazinho – 45;
Porto Alegre – 45;
Bagé – 46;
Canoas – 46;
Tramandaí – 46;
Viamão – 47;
Portão – 48;
Santa Maria – 48;
São Francisco de Paula – 48;
Vacaria – 48;
Vacaria – 50;
Alegrete – 51;
Pelotas – 51;
Porto Alegre – 52;
Santa Rosa – 52;
Santa Vitória do Palmar – 52;
São Borja – 52;
Cruz Alta – 53;
Uruguaiana – 53;
Alvorada – 54;
Bagé – 54;
Cachoeira do Sul – 54;
Campo Bom – 54;
Estância Velha – 54;
Santo Ângelo – 54;
Caxias do Sul – 55;
Caxias do Sul – 55;
Vera Cruz – 55;
Cachoeira do Sul – 56;
Candelária – 56;
Canoas Masc 56;
Cerro Largo – 56;
Ipê – 56;
São Lourenço do Sul – 56;
Pelotas – 57;
Porto Alegre – 57;
Santa Rosa – 57;
Sâo José do Norte – 57;
Panambi – 58;
Porto Xavier – 58;
Sananduva – 58;
Bento Gonçalves – 59;
Gravataí – 59;
Júlio de Castilhos – 59;
Porto Alegre – 59;
Rio Grande – 59;
Santo Ângelo – 59;
Encruzilhada do Sul – 60;
Guaporé – 60;
Panambi – 60;
Uruguaiana – 60;
Viamão – 60;
Jaboticaba – 61;
Porto Alegre – 61;
São Leopoldo – 61;
Sapucaia do Sul Masc 61;
Barros Cassal – 63;
Mato Leitão – 64;
Ponte Preta – 64;
Santo Ângelo – 64;
São Sebastião do Caí – 64;
São Gabriel – 65;
Gravataí – 66;
Novo Hamburgo – 66;
Portão – 66;
Porto Alegre – 66;
Sapucaia do Sul – 67;
Cachoeirinha – 69;
Canoas – 69;
Porto Alegre – 69;
Rio Pardo – 69;
Santa Cruz do Sul – 69;
Canguçu – 70;
Canoas – 70;
Canoas – 71;
Carazinho – 71;
Torres – 71;
Porto Alegre – 72;
Teutônia – 72;
Três Palmeiras – 72;
Bento Gonçalves – 73;
Pelotas – 73;
Novo Hamburgo – 75;
Rio Grande – 75;
Canoas Masc 77;
Uruguaiana – 77;
Erechim – 78;
Gravataí – 78;
Porto Alegre – 79;
Nova Petrópolis – 80;
Porto Alegre – 80;
Santana do Livramento – 80;
Nova Santa Rita – 81;
Uruguaiana – 82;
Vacaria – 82;
Caçapava do Sul – 83;
Santa Cruz do Sul – 84;
Santa Maria – 84;
Porto Alegre – 85;
Santana do Livramento – 85;
São Miguel das Missões – 86;
Porto Alegre – 87;
Campo Bom – 88;
Paraí – 89;
São Pedro do Butiá – 89;
Candelária – 90;
Osório – 90;
Cruz Alta – 91;
Rio Grande – 91;
Santa Vitória do Palmar – 91;
Caxias do Sul – 92;
Liberato Salzano – 92;
Butiá – 93;
Campestre da Serra – 93.

(Marcello Campos)