Novo presidente da Federasul assume a gestão tendo como foco a inovação

Anderson Trautman Cardoso, presidente da gestão 2021/2022.

Foto: Rosi Boninsegna/Divulgação

Anderson Trautman Cardoso, presidente da gestão 2021/2022. (Foto: Rosi Boninsegna/Divulgação)

A nova gestão da Federasul (2021/2022) já trabalha nas ações da entidade para o ano de 2021. Sob o comando do presidente Anderson Trautman Cardoso, diretores estão se reunindo para traçar projetos voltados à inovação, fomento a startups, sustentabilidade, diversidade e transformação digital. O presidente da Rede Pampa, Alexandre Gadret, assume a vice-presidência de relações institucionais e marketing.

“No ano passado, quando também a cadeia produtiva precisou se reinventar, ficou ainda mais latente a necessidade de uma reflexão profunda sobre o futuro dos negócios e das relações de trabalho. É vital para o fortalecimento da atividade empresarial que essa discussão seja ampliada com a contribuição de nossa Entidade. Pretendemos trabalhar para contribuir com a melhoria da realidade de nossas empresas”, sinaliza o presidente.

Em seus 93 anos de existência, a Federasul sempre se destacou na defesa dos interesses da classe empreendedora, com protagonismo nos grandes temas do Rio Grande do Sul. Isso, aliado à capilaridade no interior e ao senso de pertencimento dos associados, tornaram-se ativos de relevância da entidade.

“A Federasul possui fortalezas que podem e devem ser transformadas em negócios. Queremos gerar uma base de dados completa, capaz de formar novos ecossistemas empresariais e permitir que o nosso associado amplie parcerias, produza mais, venda mais e gere mais riqueza dentro do nosso Estado”, avalia Anderson.

O novo presidente da Federasul acredita que difundir a visão sobre essas questões é uma das formas que o setor produtivo tem de contribuir para a melhoria da atividade econômica em 2021. “A retomada do crescimento não depende apenas dos governos. Nós, da iniciativa privada, também precisamos fazer a nossa parte. Isso significa permanecermos conectados à realidade da transformação digital, dos novos hábitos da jornada do consumidor e da grande transformação pela qual passa o mundo dos negócios. São missões que cada empresário precisa exercitar no dia a dia”, acrescenta.

A nova presidência

A equipe que vai coordenar as divisões da entidade, no comando de Anderson Cardoso, são dez vice-presidentes, todos engajados nos novos propósitos alinhados para a entidade. O foco da gestão, segundo a entidade, é manter a ponte com as filiadas para congregar entidades da classe produtiva do Estado através do empreendedorismo, visando o desenvolvimento econômico e social do Rio Grande do Sul”, enfatiza o presidente.

As dez vice-presidências atendem todos os segmentos da economia e serão coordenadas por: Alexandre Gadret, relações institucionais e marketing; Alfredo Carlos Fredizzi produtos e serviços; Antonio Carlos Bacchieri Duarte, infraestrutura; Fabrício Forest, comércio exterior; Fernando Marchet, economia; Milton Terra Machado, jurídico; Paulo Ricardo Fritzen, administrativo-financeiro; Rafael Araujo Souto, pessoas RH; Rafael Goelzer, micro e pequena empresa e Rodrigo de Sousa Costa, integração.

Voltar Todas de Acontece