Morre o ex-presidente da Associação Rio-Grandense de Imprensa Ercy Pereira Torma

O conselheiro e ex-presidente da ARI (Associação Rio-Grandense de Imprensa) Ercy Pereira Torma morreu nesta quarta-feira (28), aos 86 anos, após sofrer um infarto do miocárdio em Porto Alegre.

Natural de Rio Grande, ele começou a escrever nos jornais locais Cruzeiro do Sul e O Peixeiro, atuando também nas rádios Cultura Riograndina e Minuano, antes de se transferir para Porto Alegre, em 1968.

Na Capital, iniciou como repórter de Polícia no Diário de Notícias, atuando também nas rádios Farroupilha, Difusora e Gaúcha. Posteriormente, trabalhou durante 25 anos no jornal Zero Hora, aposentando-se em 1994.

“Presidente da ARI de 1996 a 2006, Ercy deixa a esposa Nívia e os filhos de seu primeiro casamento, Janine, Jeferson e Juvane, além de um inestimável legado de defesa da liberdade de imprensa e de amor ao jornalismo”, informou a associação em nota.

Os atos fúnebres ocorrem no cemitério Jardim da Paz. O velório começa às 17h desta quarta. O enterro será realizado às 10h30min desta quinta.