Ministério da Saúde autoriza abertura de 15 novos leitos de UTI Covid no Rio Grande do Sul

Em portaria publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (20), o Ministério da Saúde liberou recursos para a abertura de 15 novos leitos de tratamento intensivo dedicados a pacientes com Covid-19 no Rio Grande do Sul. A medida beneficia, também, outros doze estados brasileiros, com um total de 411 vagas.

São Paulo, por exemplo, poderá criar 106 leitos de UTI. Também terão ajuda com novos vagas os governos do Ceará (64), Rio Grande do Norte (44), Bahia (40), Minas Gerais (34), Amazonas (30), Rio de Janeiro (29), Pernambuco (18), Espírito Santo (12), Paraná (12), Mato Grosso do Sul (5) e Santa Catarina (2).

Na prática, a autorização permite o repasse de verbas extras da União às unidades federativas para o auxílio de custeio das estruturas. Em razão da pandemia, os depósitos vêm acontecendo mensalmente, em caráter temporário. A estimativa é de que os novos leitos custem R$ 19,7 milhões somente no mês de abril.

O montante sairá do programa de Atenção à Saúde da População para Procedimentos em Média e Alta Complexidade, do Ministério da Saúde. No Rio Grande do Sul, serão beneficiadas instituições de Alegrete (Santa Casa de Alegrete), Farroupilha (Hospital São Carlos), Montenegro (Hospital Montenegro) e Tramandaí (Hospital de Tramandaí).