Mais de 200 mil estudantes dos colégios públicos gaúchos já realizaram a avaliação diagnóstica “Avaliar é tri RS”

A segunda semana de aplicação da avaliação diagnóstica “Avaliar é tri RS” encerrou na sexta-feira (4) com registros de ampla participação da comunidade escolar gaúcha. Até o momento, mais de 200 mil alunos de todas as etapas de ensino em diversas regiões do Rio Grande do Sul já realizaram suas provas e testaram seus níveis de conhecimento adquiridos no período da pandemia.

As provas das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática estão ocorrendo de forma escalonada e em regime de revezamento, conforme os protocolos sanitários, até 11 de junho.

Em Santa Maria, na 8ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), a avaliação está mobilizando as comunidades escolares das 99 instituições de ensino que pertencem à região. No Colégio Estadual José Benincá, de Nova Esperança do Sul, mais de 90% dos 268 estudantes já realizaram suas avaliações. Conforme a diretora Vera Medianeira, as aplicações das provas estão ocorrendo no formato presencial.

“Nós estamos tendo uma movimentação muito tranquila. Nossas salas são amplas e comportam um número adequado de alunos conforme o distanciamento mínimo de 1,5 metro por pessoa. Portanto, estamos bem adiantados no nosso cronograma”, destaca.

Também na região da 8ª CRE, a Escola Padre João Zanella, da área rural de Nova Palma, fechou a semana com 100% dos alunos com as provas concluídas. De acordo com a diretora Dione Pinto Grendene, todos os 50 estudantes concluíram a avaliação de forma presencial em quatro dias de trabalhos.

“Fizemos uma mobilização com os pais e responsáveis da comunidade escolar para que todos fizessem a prova de forma presencial. Foi feito um revezamento, conforme os protocolos sanitários. Na próxima segunda-feira (7), já começaremos a elaborar a planilha dos resultados”, comemora.

Em Santa Cruz do Sul, na região da 6ª CRE, a avaliação “Avaliar é tri RS” mobilizará, até 11 de junho, as 93 instituições de ensino da região. Segundo o coordenador Luiz Ricardo Pinho de Moura, os estudantes aptos a realizarem a prova no formato presencial já concluíram as avaliações na última segunda-feira (31). Agora, o foco está sendo na aplicação da prova no formato remoto.

“Estamos em um ritmo tranquilo de trabalho e já alcançamos todas as etapas de ensino. Diversas escolas da região estão bastante adiantadas e com grande engajamento das comunidades”, explica.

A Escola Ernesto Alves de Oliveira, que conta com 1.274 alunos, teve forte mobilização de pais e responsáveis para que os estudantes comparecessem presencialmente para realizar a prova. Com isso, mais de 80% das aplicações dos testes já ocorreram.

Conforme a diretora Janaína Venzon, a expectativa é concluir as aplicações em breve. “Nós estamos fazendo um revezamento e já atendemos a todas as etapas de ensino da escola. Na próxima semana, o processo continua para as turmas de Ensino Médio. A comunidade está ajudando muito e isso é um fator fundamental”, considera.

Avaliar é tri RS

Para aferir o aprendizado dos estudantes no ano de 2020, bem como avaliar as principais competências pedagógicas que precisam ser reforçadas para 2021, a Seduc-RS (Secretaria da Educação do Rio Grande do Sul) lançou a avaliação diagnóstica “Avaliar é tri RS”.

A aplicação, que deve ser feita de forma impressa ou digital, ocorre em todas as escolas da Rede Estadual entre 24 de maio e 11 de junho. Estão sendo avaliados os estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

Após a realização dos testes, os resultados individualizados de cada aluno ficarão disponíveis na plataforma do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (Caed) da Universidade Federal de Juiz de Fora. As informações são da Seduc-RS.