Laboratório da Universidade de Caxias do Sul faz diagnóstico de SARS-CoV-2 em gata doméstica do município

O Laboratório de Diagnóstico em Medicina Veterinária da UCS (Universidade de Caxias do Sul), em parceria com o Serviço de Testes e Diagnósticos para Covid-19, recebeu amostra para teste de uma gata, de dois anos de idade, domiciliada no município, que apresentava dificuldades respiratórias, e os tutores haviam sido infectados com SARS-COV-2 nas semanas anteriores. A amostra foi positiva no teste de PCR em tempo real. Autoridades públicas foram notificadas, e a contraprova foi confirmada pela Universidade Feevale. Atualmente, estudos de caracterização genética da amostra estão sendo elaborados em parceria com a Universidade Feevale.

Conforme os pesquisadores da Área de Ciências da Vida da UCS, um animal infectado é um caso isolado e raro de ocorrer. Eles destacam que não foram comunicados casos de transmissão de SARS-CoV-2 (vírus causador de Covid-19 ) de gatos para seres humanos. Ou seja, animais se infectam, mas acabam não transmitindo.

Os estudiosos indicam que pessoas que tenham Covid-19 cuidem para não transmitir o vírus para outras pessoas e felinos. Se um tutor (proprietário) com Covid-19 precisar continuar cuidando de seu animal de estimação, ele deve manter medidas básicas de higiene. As medidas incluem lavar as mãos antes de estar perto ou manusear seus animais, sua comida ou seus utensílios. Ele deve usar máscara ao se aproximar do animal e evitar beijar seus animais ou compartilhar alimentos, toalhas ou a cama com eles.