Governador gaúcho cumpre agenda em Brasília até esta quarta-feira

Em meio à polêmica sobre a volta das aulas presenciais no Rio Grande do Sul, o governador Eduardo Leite está em Brasília para, segundo o Palácio Piratini, “cumprir diversas agendas de interesse do Estado”. Ele retorna a Porto Alegre na noite desta quarta-feira (28).

Na tarde desta terça (27), Leite se reúne com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Mais tarde, ele se encontra com o senador Renan Calheiros (MDB-AL), escolhido para assumir a relatoria da CPI da Covid.

Na manhã desta quarta, o governador se reúne com Diogo Mac Cord, titular da Secretaria Especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados, com a secretária especial do Programa de Parcerias de Investimentos, Marta Seller, e com representantes do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Na ocasião, será discutida a carteira de projetos de desestatização do RS.

Às 14h15min, o governador se dirige à Esplanada dos Ministérios para uma reunião o secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, a fim de debater a adesão do Rio Grande do Sul ao Regime de Recuperação Fiscal.

Às 16h, Leite se reúne com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e, às 17h, com o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski, por videoconferência. As duas agendas envolvem questões relacionadas à CEEE.