Foragida pela quinta vez, criminosa é presa em Caçapava do Sul

Suspeita de um homicídio no camelódromo de Porto Alegre, ela cumpria pena por roubo e furto quando rompeu a tornozeleira eletrônica

Foto: PRF/Divulgação

Suspeita de um homicídio no camelódromo de Porto Alegre, ela cumpria pena por roubo e furto quando rompeu a tornozeleira eletrônica. (Foto: PRF/Divulgação)

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) prendeu, nesta quarta-feira (17), uma foragida da Justiça que viajava de ônibus para a fronteira com o Uruguai.

Em uma ação para busca de criminosos, os policiais abordaram um ônibus que transitava pela BR-290 fazendo a linha Porto Alegre – Santana do Livramento. Durante a consulta dos passageiros, encontraram uma foragida da justiça.

A mulher, de 27 anos, natural de Porto Alegre, rompeu a tornozeleira eletrônica em maio do ano passado quando cumpria prisão domiciliar humanitária. Ela cumpria pena após duas condenações, uma por roubo e outra por furto.

Nos sistemas os policiais descobriram que, além das condenações, ela tem passagens por tráfico de drogas, desacato e dano, e é suspeita de um assassinato cometido a tiros em 2012 no camelódromo de Porto Alegre.

A criminosa foi conduzida à área judiciária local para o registro de sua quinta recaptura, e depois encaminhada novamente ao sistema prisional para ficar à disposição da Justiça.

Voltar
Todas de Polícia