Festa clandestina é fechada em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre

Uma festa clandestina foi interrompida na madrugada deste domingo (21) em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O evento ocorria em um terreno localizado no bairro Fátima. Sete pessoas foram detidas e levadas para a delegacia.

A ação foi realizada pela Brigada Militar, Guarda Municipal e Polícia Civil. Conforme o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana, delegado Mario Souza, o local era monitorado desde a última quinta-feira (18).

Os órgãos de segurança estimam que 60 pessoas participariam da festa, mas nem todas estavam no local. Os agentes e fiscais se mobilizaram para realizar o flagrante no início da madrugada, para evitar que o número de frequentadores aumentasse.

O equipamento de som estava ligado a uma rede elétrica irregular. As sete pessoas detidas foram encaminhadas para a delegacia para assinar termo de infração de medida sanitária preventiva e perturbação do sossego alheio. Duas eram organizadores e as outras eram frequentadores. Alguns foram liberados.

A Polícia Civil vai investigar se os envolvidos alugaram o terreno para a realização da festa, e se mais pessoas estavam envolvidas na ação.