Edital de Criação e Formação – Diversidade das Culturas anuncia os projetos contemplados no RS

O Edital Criação e Formação – Diversidade das Culturas, realizado pela Secretaria da Cultura do RS em parceria com a Fundação Marcopolo com recursos oriundos da Lei 14.017/2020 (Lei Aldir Blanc), anunciou na sexta-feira (19) os 591 projetos contemplados.

Com um orçamento de R$ 20 milhões, esse é o maior edital para a cultura realizado no Estado e é destinado a propostas de pessoas físicas e pessoas jurídicas. A lista foi publicada no site da fundação.

Com 6.591 inscrições, que passaram por um processo de avaliação feito por profissionais e especialistas, o edital recebeu propostas de Pesquisa, Criação, Formação e Qualificação nas áreas do audiovisual, artesanato, artes visuais, circo, culturas populares, cultura viva, dança, diversidade linguística, livro, leitura e literatura, música, teatro, memória e patrimônio e museus.

O processo seletivo promoveu a distribuição de recursos a proponentes de diversos municípios do Estado, de acordo com a divisão demográfica da população do RS Coredes – Conselhos Regionais de Desenvolvimento. A seleção também incluiu pontuação específica para diversidade e, nos projetos de pessoa física, 50% para cotas sociais – autodeclarados pretos, pardos, indígenas, quilombolas, ciganos, mulheres trans/travestis, homens trans e pessoas com deficiência (PCDs).

No conjunto, o edital contemplou 591 projetos em 127 cidades, cobrindo 100% dos Coredes, gerando mais de 10 mil postos de trabalho e atendendo a um público previsto de mais de 2 milhões de pessoas.