Coronavírus já matou 27.868 gaúchos. Vítimas mais recentes incluem uma idosa de 101 anos

Divulgado nesta quinta-feira (27), o mais recente boletim epidemiológico da Secretaria Estadual da Saúde (SES) adicionou 3.755 testes positivos e 112 mortes por coronavírus no Rio Grande do Sul. A atualização ampliou para 1.074.634 as confirmações da doença, com 27.868 perdas humanas.

Dentre os gaúchos infectados até agora, 1.026.405 (96%) já se recuperaram da covid, que atinge todos os 497 municípios do Rio Grande do Sul. Outros 20.279 (2%) são considerados casos em andamento, o que inclui desde os assintomáticos em quarentena domiciliar até casos graves atendidos em hospitais.

Já a taxa média de ocupação das unidades de terapia intensiva (UTIs) por adultos era de 84,3% por volta das 21h (contra 83,1% na noite anterior), conforme o painel de monitoramento divulgado no portal covid.saude.rs.gov.br. O índice resulta da proporção entre 2.882 pacientes internados para um total de 3.417 leitos da modalidade.

Em relação à aplicação de vacinas contra o coronavírus, mais de 3,05 milhões de habitantes do Rio Grande do Sul receberam a primeira dose, o que representa 58,1% dos segmentos-alvo da campanha de imunização (5,25 milhões de habitantes, para uma população geral de 11,32 milhões). Os contemplados com a segunda injeção, por sua vez, chegam a 1,45 milhão (27,6%).

Ainda no que se refere aos óbitos por covid, as perdas humanas mencionadas pelo boletim epidemiológico desta quinta-feira abrangem vítimas com idades entre 25 e . Confira os perfis resumidos, por faixa etária:

20 a 29 anos

Encruzilhada do Sul – 25;
Ijuí – 28;
Eldorado do Sul – 29.

30 a 39 anos

Vitória da Missões – 32;
Santa Cruz do Sul – 35;
Porto Alegre – 37;
Panambi – 38.

40 a 49 anos

Serafina Corrêa – 40;
Viamão – 40;
Arroio do Meio – 43;
Santa Cruz do Sul – 43;
Capão do Leão – 44;
Porto Alegre – 44;
Santa Cruz do Sul – 45;
Uruguaiana – 45;
Bom Retiro do Sul – 46;
Cruz Alta – 47;
Vacaria – 47;
Alvorada – 48;
Pelotas – 48;
Santo Ângelo – 48;
Porto Alegre – 49;
São Luiz Gonzaga – 49;
São Pedro do Sul – 49.

50 a 59 anos

Cruz Alta – 50;
Gravataí – 50;
Uruguaiana – 50;
Cerro Grande do Sul – 51;
Novo Hamburgo – 51;
Uruguaiana – 51;
São Pedro do Sul – 52;
Uruguaiana – 52;
Vacaria – 52;
Sapucaia do Sul – 53;
Canoas – 54;
Canoas – 54;
Gravataí – 54;
Gravataí – 54;
Camaquã – 55;
Canoas – 55;
Estância Velha – 55;
Ivoti – 55;
Palmares do Sul – 56;
Restinga Seca – 56;
Vacaria – 56;
Alvorada – 57;
Charqueadas – 57;
Vacaria – 57;
São Sebastião do Caí – 58;
Uruguaiana – 58;
Tapes – 59.

60 a 69 anos

Ivoti – 60;
Porto Alegre – 60;
Porto Alegre – 60;
Viamão – 60;
Santiago – 61;
Santiago – 61;
São Sebastião do Caí – 61;
Santa Maria – 62;
Santa Rosa – 62;
Santa Cruz do Sul – 63;
Cachoeira do Sul – 64;
Cachoeirinha – 64;
Porto Alegre – 64;
Santa Maria – 64;
Dom Pedrito – 65;
Santa Maria – 65;
Uruguaiana – 65;
Ijuí – 66;
Itaqui – 66;
Jacutinga – 66;
Harmonia – 67;
Porto Alegre – 67;
Chapada – 68;
Charqueadas – 68;
Gravataí – 68;
Pelotas – 68;
Porto Alegre – 68;
São Valentim do Sul – 68;
Gravatai – 69;
Pedro Osório – 69;
Porto Alegre – 69.

70 a 79 anos

Jaguari – 71;
Nova Prata – 71;
São Marcos – 71;
Porto Alegre – 72;
Santa Cruz do Sul – 72;
Sapucaia do sul – 72;
Pelotas – 73;
Sapucaia do Sul – 73;
Viamão – 73;
Camaquã – 76;
Cruz Alta – 76;
Porto Alegre – 76;
Vale do Sol – 77;
São Gabriel – 78;
Uruguaiana – 78.

80 a 89 anos

Barros Cassal – 80;
Carazinho – 80;
Carazinho – 80;
Pelotas – 80;
Montenegro – 82;
Santa Cruz do Sul – 82;
Ijuí – 84;
Porto Alegre – 84;
Porto Alegre – 85;
Vale do Sol – 85;
Porto Alegre – 86;
Sapucaia do Sul – 86;
Passo Fundo – 87;
São Lourenço do Sul – 93;

90 a 99 anos

Boa Vista do Buricá – 95.

(Marcello Campos)