Assembleia Legislativa do RS aprova criação de prêmio para incentivar a participação de meninas em olimpíadas científicas

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul irá homenagear, a partir do próximo ano, as estudantes gaúchas de escolas públicas que representam o Brasil em olimpíadas científicas.

O Prêmio Meninas Olímpicas, proposto pela deputada estadual Franciane Bayer (PSB) e assinado por mais oito parlamentares, por meio do Projeto de Resolução 38/2019, foi aprovado na sessão plenária de terça-feira (20). “A premiação, além de ser um reconhecimento a essas meninas, pretende incentivar que outras estudantes participem cada vez mais das olimpíadas científicas”, afirmou Franciane ao destacar que, atualmente, as gurias representam 10% dos premiados nas principais olimpíadas científicas do Brasil e 5 % nas internacionais.

O prêmio será entregue anualmente, em solenidade em data próxima ao Dia Internacional da Mulher, sendo responsabilidade da Procuradoria Especial da Mulher definir a relação das estudantes e encaminhar à Mesa para deliberação. A premiação às estudantes gaúchas se dará em três categorias, desde o sétimo ano do Ensino Fundamental até o Ensino Médio. No diploma, constará o brasão da Assembleia e o símbolo da Procuradoria Especial da Mulher junto ao nome da estudante e da categoria do prêmio.

Também assinam o projeto de criação do prêmio as deputadas Zilá Breitenbach (PSDB), Silvana Covatti (PP), Luciana Genro (PSOL), Any Ortiz (Cidadania), Juliana Brizola (PDT), Kelly Moraes (PTB), Fran Somensi (Republicanos) e Sofia Cavedon (PT).