Assaltante de bancos e carros-fortes Jonas Dedão morre de coronavírus no Vale do Sinos

Jones Antônio Machado, 49 anos, conhecido como Jonas Dedão, morreu no domingo (21), aos 49 anos, vítima do coronavírus, em São Leopoldo, no Vale do Sinos.

O criminoso, que estava internado na UTI do Hospital Centenário, já foi considerado um dos maiores assaltantes de banco e carro-forte do Rio Grande do Sul. Ele estava em liberdade desde agosto de 2018.

A Associação Missionária Luz das Nações, da qual Dedão participava atualmente, lamentou a morte nas redes sociais. “É com grande pesar que comunicamos a partida rumo à vida eterna nos braços do Pai do nosso amado irmão Jones Antônio Machado. Lamentamos profundamente a perda deste exemplar obreiro e irmão em Cristo, mesmo em luto, temos a convicção de que a vontade de Deus sempre é boa, perfeita e agradável. A cura de Deus veio, e de maneira eterna, onde temos a certeza de que não haverá mais dor nem sofrimento. Nossas condolências a todos os familiares. Que o Senhor conforte o corações”, afirmou a associação.