Aos 56 anos, vereador de Pelotas morre vítima do coronavírus

O vereador Paulo Rogério dos Santos, conhecido como Paulo do Sítio Floresta (PSDB), morreu na madrugada deste domingo (02) vítima da Covid-19. Ele tinha 56 anos, estava no primeiro mandato no Legislativo Pelotense e era o líder do PSDB na Câmara.

O vereador estava internado desde o início da semana no Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas e faleceu em decorrência de complicações da Covid-19. Ele havia sido entubado no sábado (01). Segundo nota da Câmara de Vereadores, Paulo era reconhecido “pelo trabalho árduo nos bairros e pelo carinho e humildade com todos que o cercavam”.

O presidente da Câmara em exercício, Paulo Coitinho (Cidadania), decretou luto oficial de três dias. Com isto, a sessão programada para a próxima terça-feira está suspensa. Sendo assim, as sessões remotas dos vereadores voltam a ocorrer nas próximas quarta-feira e quinta-feira.

A prefeita Paula Mascarenhas decretou três dias de luto em função do falecimento do vereador. O vereador Marcos Ferreira, o Marcola (PTB), teve Covid-19 e já se recuperou e o presidente do Legislativo Cristiano Silva (PSDB) está internado na Santa Casa de Pelotas. Seu estado, conforme a assessoria, é considerado estável.

Além deles, o vereador Anderson Garcia (PTB) havia sido infectado pela Covid-19 e se recuperou. Sete funcionários do Legislativo de Pelotas também positivaram para a Covid-19. Dois assessores do vereador que faleceu já se recuperaram, um do presidente da Câmara e também o tesoureiro do Legislativo seguem afastados de suas funções em casa.

O governador Eduardo Leite lamentou a morte do vereador e escreveu uma mensagem no twitter: “Triste com a notícia da perda de um amigo e grande líder comunitário, o Paulo do Sítio Floresta, nosso vereador de Pelotas pelo PSDB. Vai em paz, meu caro! Obrigado pela dedicação aos bairros e à gente da nossa cidade!”, disse o governador.