Ameaça de bomba no edifício da prefeitura de Esteio mobiliza especialistas da Brigada Militar

Uma ameaça de bomba no prédio da prefeitura de Esteio (Região Metropolitana) mobilizou especialistas do Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar (Bope) na tarde desta terça-feira (23). Como ocorre na maioria dos casos desse tipo, porém, tratava-se de alarme falso, já que não foram encontrados quaisquer artefatos explosivos.

Segundo a corporação, o incidente começou com uma ligação anônima para o serviço de Ouvidoria do município, que por sua vez acionou as forças de segurança pública. O responsável pela mensagem chegou a informar que haveria uma detonação no local por volta das 16h.

O trabalho do Bope durou aproximadamente duas horas, até liberar o local com a garantia de que nada havia a temer. Por medida de precaução, todos os servidores e demais pessoas que estivessem dentro do prédio – localizado no Centro da cidade – foram retirados até as 14h, horário em que o expediente vespertino já está em andamento.

Também participaram da operação equipes da Guarda Municipal de Esteio, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

Prefeito

Durante a após o serviço de varredura promovido pelos especialistas do Bope em busca de uma eventual bomba, o prefeito Leonardo Paschoal (PP) utilizou a sua conta oficial no Twitter para se manifestar sobre o incidente.

– “O prédio sede da prefeitura de Esteio acaba de ser evacuado em virtude de uma ameaça de bomba, seguindo orientação da Polícia Civil. Está sendo feita varredura no local. Brigada Militar e Guarda Municipal também acompanham a ocorrência. Servidores foram dispensados”, escreveu na primeira postagem;

– “Acabo de receber a liberação do prédio pela Brigada Militar. Não houve identificação de artefatos explosivos. Polícia Civil já trabalha na investigação. Há suspeitos, que espero logo estejam atrás das grades. Levaram pânico a muitas pessoas e prejuízos ao Poder Público”.

(Marcello Campos)