Produção de petróleo no Brasil cai 1% em julho na comparação com 2020, diz ANP


A produção total de petróleo e gás no Brasil em julho foi de 3,9 milhões de barris de óleo equivalente por dia, alta de 0,6% na comparação anual. Produção de petróleo no Polo Macau, no Rio Grande do Norte.
Cedida/3R Petroleum
A produção de petróleo nacional no mês de julho ficou em 3,04 milhões de barris por dia (barris/dia), queda de 1% em relação ao mesmo mês no ano passado, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP).
Em julho, a produção de gás natural no Brasil chegou a 139,13 milhões de metros cúbicos por dia (m3/dia), crescimento de 6,7% em relação a julho de 2020. Com isso, a produção total de petróleo e gás no Brasil em julho foi de 3,9 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/dia), alta de 0,6% na comparação anual.
Preços do diesel, gasolina e etanol voltam a subir nos postos, aponta ANP
Em relação a junho deste ano, a produção de petróleo cresceu 4,85%, enquanto a extração de gás natural registrou alta de 2,48%. Na comparação mensal, a produção total de petróleo e gás no Brasil cresceu 4,5% em julho.
Segundo a ANP, os campos da cessão onerosa tiveram recorde de produção no mês, com a produção de 921,74 mil boe/dia. Esses campos também tiveram a maior participação já registrada na produção nacional, representando 23,51% do total do país.
Os campos do contrato de cessão onerosa que produzem atualmente são Búzios, Atapu e Sul de Tupi. Em julho, Búzios foi o maior produtor do país, com 710,8 mil boe/dia.
A cessão onerosa é um regime de contratação direta de áreas para a Petrobras, no pré-sal da Bacia de Santos.

Artigo anteriorAmazon nega que paneje aceitar bitcoin como pagamento
Próximo artigoCom caixa gordo e de olho em 2022, Cláudio Castro afaga Baixada Fluminense