Lula tem 47% das intenções de voto; Bolsonaro, 29%, diz Datafolha

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à presidência da República pelo Partido dos Trabalhadores (PT), aparece com 47% das intenções de voto, contra 29% do presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição pelo Partido Liberal (PL). É o que aponta a nova pesquisa Datafolha divulgada na tarde desta quinta-feira, 28, e que mostra cenário de estabilidade, uma vez que as oscilações ocorreram dentro da margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento desta quinta também indica uma vitória de Lula no primeiro turno, uma vez que o petista tem mais votos do que todos os outros adversários somados.

Na pesquisa anterior, divulgada em 23 de junho, o petista tinha os mesmos 47%, ante 28% de Bolsonaro, uma diferença de 19 pontos percentuais entre os dois candidatos que polarizam a disputa presidencial. Agora, a diferença fica em 18 pontos. Já na pesquisa espontânea, quando não são informados o nome dos candidatos, o cenário também foi de estabilidade: Lula tem 38% das intenções de votos e Bolsonaro, por sua vez, 26% – no levantamento anterior, o petista tinha 37%, ante 25% do mandatário do país.

Essa foi a primeira pesquisa divulgada após as convenções partidárias que confirmaram as candidaturas de Lula e Bolsonaro à presidência da República. Além deles, o levantamento também traz os números atualizados de outros concorrentes ao Palácio do Planalto, mostrando estabilidade em todos os cenários. O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) se mantém em terceiro lugar, com 8% das intenções de voto. Com candidatura confirmada na quarta-feira, 27, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) aparece em quarto lugar com 2% dos votos – em junho, a emedebista tinha 1%. Tecnicamente empatado com ela está o deputado federal André Janones, do Avante de Minas Gerais, também com 2%. Pablo Marçal (PROS) e Vera Lúcia (PSTU) têm 1% cada. Outros candidatos como Felipe d’Avila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP), Eymael (DC), Luciano Bivar (UB) e General Santos Cruz (Podemos) não pontuaram. Brancos e nulos são 7%; 4% não souberam ou não responderam.

A pesquisa desta quinta-feira também apresenta um cenário de eventual segundo turno entre Lula e Bolsonaro. Neste recorte, o ex-presidente tem uma vantagem de 20 pontos percentuais. De acordo com o instituto, se a eleição fosse hoje, o petista seria eleito para comandar o país por quatro anos com 55% das intenções de voto; o atual chefe do Executivo federal, por sua vez, teria 35%. O Datafolha ouviu 2.556 pessoas entre os dias 27 e 28 de junho em 183 cidades brasileiras. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-01192/2022.

Artigo anteriorExportação brasileira de frango registra crescimento no 1º semestre; China é o principal comprador
Próximo artigoPrimeiro caso da varíola dos macacos é confirmado em Caxias do Sul; no RS é o quinto registro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui