Inflação da construção civil fica em 0,99% em agosto, aponta IBGE


Com o resultado, o indicador acumula variação de 22,74% em 12 meses. Alta dos preços da construção volta ao patamar de agosto de 2020
Helena Pontes/Agência IBGE Notícias
A inflação medida pelo Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) foi de 0,99% em agosto, após se situar em 1,89% em julho, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É a menor variação de todo o ano de 2021. Com o resultado, o indicador acumula variação de 22,74% em 12 meses, frente a 22,60% dos 12 meses imediatamente anteriores. Já o acumulado em 2021, de janeiro a agosto, foi de 14,61%.
O custo nacional da construção por metro quadrado foi de R$ 1.463,11, sendo R$ 866,89 relativos aos materiais e R$ 596,22 à mão de obra. Em julho de 2021, esse custo totalizava R$ 1.448,78, sendo R$ 853,03 relativos aos materiais e R$ 595,75 à mão de obra.
A parcela dos materiais subiu 1,62%, 1,26 ponto percentual abaixo em relação àquela do mês anterior (2,88%). Em relação a agosto de 2020 (1,60%), a taxa se manteve no patamar.
Já a parcela da mão de obra, com taxa de 0,08%, apresentou queda de 0,44 ponto frente ao índice de julho (0,52%) e se manteve quase no mesmo patamar de agosto de 2020 (0,09%).