Confiança do comércio recua e acende alerta sobre recuperação do setor


Indicador perdeu força em agosto após quatro meses seguidos de alta. A confiança do comércio recuou em agosto após quatro meses de altas consecutivas, segundo dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira (30), e ‘acendeu o alerta’ sobre o ritmo de recuperação do setor. O indicador ficou em 100,9 pontos no mês, ante 101 em julho.
“Diferentemente dos últimos meses, houve uma percepção de piora da situação dos negócios, que está relacionada a uma redução na demanda atual, enquanto as expectativas continuaram evoluindo positivamente”, afirmou em nota Rodolpho Tobler, coordenador da pesquisa.
Confiança do comércio – agosto/21
Economia G1
De acordo com o pesquisador, o resultado ainda não significa uma reversão da tendência positiva que vem ocorrendo desde abril, mas acende o sinal de alerta sobre o ritmo de recuperação do setor.
“A recuperação da confiança dos consumidores continua sendo fundamental para continuidade da retomada, assim como o controle da pandemia “, apontou.