Com mais 12 vítimas da Covid, média móvel de mortes no RS cai ao menor patamar em 300 dias

Média móvel de 19 óbitos diários foi registrada pela última vez em 11 de novembro de 2020. Estado tem, até esta quarta (8), 34.362 mortes pela doença. A Secretaria Estadual da Saúde (SES) confirmou mais 12 mortes por Covid-19 no Rio Grande do Sul nas últimas 24 horas. Dez delas ocorreram entre 4 e 7 de setembro, e outras duas em datas anteriores.
Assim, o estado tem 34.362 vítimas da doença desde o começo da pandemia.
Contudo, a média móvel de óbitos caiu para 19 nos últimos sete dias. É o menor patamar desde 11 de novembro de 2020, ou seja, nos 300 dias de intervalo entre as datas morreram por coronavírus mais de 19 pessoas, em média, diariamente. Em comparação com duas semanas atrás, houve uma variação de -34%, o que representa queda. Confira o gráfico
A secretaria também identificou mais 502 pessoas infectadas pelo coronavírus. Com isso, já são 1.414.881 casos confirmados no estado em toda a pandemia.
Do total, 1.374.497 (97,1%) são considerados recuperados, 5.929 (0,5%) estão em acompanhamento, e a taxa de letalidade é de 2,4%.
A média móvel de casos segue em queda, com variação de -39% na comparação com a média registrada há duas semanas. Veja o gráfico
Vacinação
O feriado afetou no registro de novos dados e, com isso, o total de pessoas vacinadas com pelo menos uma dose subiu para pouco mais de 7,73 milhões de pessoas. Isto equivale a 67,4% da população residente com imunização parcial.
Dessas, 4,41 milhões completaram o esquema vacinal, o equivalente a 38,4% da população total com ambas as doses ou com a vacina de dose única. Ou seja, os percentuais pouco variaram de terça para esta quarta.
Mapa da vacinação: veja a situação em cada estado
O consórcio de veículos de imprensa utiliza dados atualizados do IBGE e considera imunização completa apenas com ambas as doses ou a vacina da Janssen. Logo, os dados podem diferir levemente dos levantamentos oficiais das secretarias de Saúde.
Hospitalização
A taxa de ocupação dos leitos de UTI voltou a subir para cerca de 57% da capacidade total. São 1.902 pacientes em 3.340 vagas nos mais de 300 hospitais do estado, quase 30 a mais do que no dia anterior — embora 92 instituições estejam em atraso no repasse de informações.
A quantidade de pacientes com coronavírus ou suspeita de síndrome respiratória aguda grave em tratamento intensivo subiu também e é de 31%. As demais vagas são ocupadas com pessoas internadas por outras doenças.
Das 21 regiões Covid, somente Cachoeira do Sul apresenta operação acima de 80%, considerado nível crítico. As demais funcionam, em média, em condições adequadas.
Vídeos: Tudo sobre o RS
Os 17 óbitos registrados e