Chama Crioula é acesa em Cruz Alta


Cerimônia aconteceu em comemoração aos 200 anos da cidade. 9ª Região Tradicionalista é a primeira a realizar o evento em 2021. Chama Crioula é acesa em Cruz Alta
Prefeitura municipal
A 9ª Região Tradicionalista foi a primeira do estado a realizar o acendimento da Chama Crioula, símbolo dos Festejos Farroupilhas. A cerimônia aconteceu na manhã desta quarta-feira (18), em Cruz Alta, em comemoração aos 200 anos do município, também conhecido por sediar a Coxilha Nativista.
Integrante do piquete Presilha Cruzaltense, a prenda Isabela Reis Hockmuller compareceu a cavalo, com o lenço atravessado no peito (foto), simbolizando Anita Garibaldi, tema dos Festejos Farroupilhas 2021. Na segunda-feira (30), a heroína da Guerra dos Farrapos completaria 200 anos de nascimento. O presidente do MTG Manoelito Savaris e a prefeitra Dra. Paula (MDB) participaram da cerimônia, que teve como homenageada a professora Elenir Winck, ex-vice-presidente do movimento.
Homenageada Elenir Winck com a coordenadora da região, Ana Cláudia da Silva
Reprodução
Desde o ano passado, o acendimento da centelha deixou de ser realizado em uma única cidade e passou a ser regionalizado, para evitar aglomerações. Assim, cada uma das 30 regiões do MTG fará o seu ritual. A próxima cerimônia será em Sarandi, nos dias 27 e 28 de agosto, quando o fogo será aceso e em seguida distribuído às entidades da 7ª Região Tradicionalista.

Artigo anteriorPolíticas com ‘eventuais retornos eleitorais’ dificultam ação do BC e elevam risco, diz órgão do Senado
Próximo artigo‘Se aumentar mais, profissão acaba’: alta dos combustíveis já levou 25% dos motoristas de apps a desistir