Bolsonaro ou Castro? Pesquisa mostra quem é mais impopular no Rio

O presidente Jair Bolsonaro e o governador do Rio, Claudio Castro (PL), foram eleitos em 2018 como parte de um mesmo projeto. 

Castro era vice de Wilson Witzel (PSC), eleito inicialmente com o apoio dos Bolsonaro, mas que logo depois rompeu com a família presidencial e foi deposto por um processo de impeachment por denúncias de corrupção.  

Castro correu para reconstruir as pontes queimadas por Witzel com o bolsonarismo no minuto em que assumiu, ainda que interinamente, a cadeira de governador, no final do ano passado. Oficialmente empossado em maio deste ano, ele é hoje o virtual candidato do clã Bolsonaro ao governo do Rio no ano que vem. 

Mas como será que está a avaliação dos eleitores do Estado sobre a gestão desses dois atores quase três anos depois das eleições? 

Segundo pesquisa eleitoral do instituto Gerp realizada em agosto, a gestão de Bolsonaro no governo federal é desaprovada por 51% dos fluminenses, enquanto o trabalho de Castro é desaprovado por 49%. 

Sobre o governo Castro, 26% dos ouvidos disseram se tratar de uma gestão ruim ou péssima, 40% disseram ser razoável e 16%, boa ou ótima.

Já sobre Bolsonaro, 47% disseram que ele faz um governo ruim ou péssimo, 17% avaliaram a gestão como regular e 33%, como boa ou ótima. 

A pesquisa ouviu 1.200 pessoas entre 10 e 17 de agosto.

Artigo anteriorEmprega Paulínia abre 84 vagas de trabalho para setor industrial; veja como se candidatar
Próximo artigoMulher é retirada de avião após se recusar a colocar máscara no filho em Porto Alegre