Bergamotas gigantes surpreendem família em Bagé; veja imagens

O hábito gaúcho de descansar no sol comendo uma bergamota renderá mais do que alguns minutos para uma família de Bagé, na fronteira com o Uruguai. Isto porque o pé de tangerina plantado em 2015 está rendendo frutos gigantescos.

A proprietária do imóvel onde fica a árvore, Carmen Luíza de Moura Araújo, acredita que as bergamotas sejam do tipo poncã. Ela se surpreendeu também com o tamanho dos espinhos da bergamoteira.

“Pesquisei e parece que é a poncã, por isso que ela é grande assim. A árvore é parecida com a de laranjeira, os espinhos, a flor”, relata.
Como as bergamotas ainda não foram colhidas da árvore, o peso exato de cada uma é incerto. Um galho com três frutas pesa 1,8 kg, enquanto uma tangerina média pesa aproximadamente 245 g, segundo a Embrapa.

A família de Carmen agora aguarda as frutas ficarem maduras para o consumo.

Nomes e propriedades
Conhecida no Rio Grande do Sul como bergamota, a fruta é chamada de tangerina, mexerica e mandarina em outras localidades do Brasil.

De acordo com o Conselho Federal de Nutrição, a bergamota tem sua origem na Ásia e é rica em vitamina C. As plantas são tolerantes a altas e baixas temperaturas.

Segundo a Embrapa, o RS produziu 122 mil toneladas de tangerinas em 2020, ficando na quarta colocação entre todos os estados do país, atrás apenas de São Paulo, Minas Gerais e Paraná.

Artigo anteriorFrio na região Sul deve piorar nos próximos dias; há chances de geada e neve
Próximo artigoIPCA-15: prévia da inflação desacelera para 0,59% em maio, mas ainda atinge 12,20% em 12 meses

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui