Quando e como será a retomada das aulas presenciais no RS; veja o cronograma nas principais cidades


Governo do estado autorizou atividades presenciais em cidades participantes do sistema de cogestão do modelo de Distanciamento Controlado. Medida vale para turmas de ensino infantil e dos primeiro e segundo anos do ensino fundamental. Decreto permite volta às aulas presenciais em municípios que adotam a cogestão no RS
Com a autorização do governo do estado para a retomada de aulas presenciais, municípios do Rio Grande do Sul começaram a planejar a reabertura de escolas a partir de segunda-feira (26).
No decreto, assinado pelo governador Eduardo Leite, ficam autorizadas as atividades de educação infantil (para crianças até seis anos de idade) e nos dois primeiros anos no ensino fundamental (alunos de seis a oito anos).
Além disso, podem funcionar cursos livres, plantão para alunos dos ensinos médio técnico, superior e pós-graduação, bem como estágios obrigatórios, pesquisas de laboratório e de campo.
O G1 confirmou os cronogramas das principais cidades do RS com informações levantadas junto às prefeituras.
Regras por cidade
Porto Alegre: a Prefeitura da Capital autorizou a reabertura das escolas privadas para esta segunda-feira (26), e das redes pública e comunitária a partir da terça-feira (27).
Canoas: a Secretaria da Educação afirmou que as aulas presenciais só serão retomadas em Canoas se houver a derrubada da liminar judicial que impede a reabertura de escolas. A medida vale para escolas públicas e privadas.
São Leopoldo: a prefeitura não autorizou a retomada das aulas presenciais nas escolas municipais e estaduais sustentando que a gravidade da pandemia, com altos índices de transmissão e UTIs lotadas, não permitem um retorno seguro de professores, estudantes e funcionários das escolas. As escolas privadas seguem determinação do decreto estadual.
Esteio: não há definição; a Secretaria da Educação do município informou que segue avaliando o tema.
Cachoeirinha: as aulas presenciais no ensino privado estarão liberadas a partir de segunda-feira (26) e, no ensino público na rede municipal, a partir de quarta (28).
Capão da Canoa: escolas municipais deverão permanecer com ensino remoto até 29 de junho. Escolas particulares de educação infantil conveniadas com o município poderão funcionar a partir de 10 de maio. Escolas particulares de educação infantil poderão funcionar a partir de 03 de maio.
Caxias do Sul: a Secretaria da Educação informou que a rede municipal não irá retomar as aulas na segunda-feira (26). As escolas privadas poderão reabrir, desde que o plano de contingência seja validado pela prefeitura.
Bento Gonçalves: as escolas particulares estão autorizadas a retornar na próxima segunda-feira (26). Já as escolas municipais retomam as atividades na quarta (28).
Garibaldi: as aulas da rede municipal serão retomadas na terça-feira (27). Já as escolas de educação infantil privadas e o Colégio Sagrado de Jesus poderão retomar já na segunda-feira (26).
Cachoeira do Sul: as escolas municipais deverão retomar as aulas a partir de segunda-feira (26).
Santa Maria: a prefeitura seguirá a permissão do estado, autorizando a retomada das aulas. Entretanto, a rede pública municipal não deve retomar as atividades presenciais na próxima segunda-feira (26). Não há data para a reabertura das instituições municipais.
Santa Cruz do Sul: as aulas da rede municipal de ensino estão previstas para ocorrer no dia 3 de maio. A rede privada já pode reabrir as escolas.
Lajeado: escolas municipais vão reabrir na quarta-feira (28).
Cruz Alta: a rede municipal tem previsão de retorno para o dia 10 de maio. A rede particular já deve retomar na próxima segunda (26).
Panambi: nas escolas públicas municipais, o retorno presencial deverá acontecer na quarta-feira (28).
Ijuí: uma reunião deverá ocorrer ao longo da semana para definir a data de retomada das aulas.
Pelotas: um decreto autorizou a retomada das aulas presenciais nas redes privada, estadual e federal. Escolas da rede municipal, no entanto, não estão incluídas na norma e não retornam de maneira presencial no momento.
Rio Grande: estão liberadas as atividades em escolas particulares e nas estaduais. A rede municipal seguirá o trabalho remoto das aulas.
Bagé: o município aguardará a decisão final da ação judicial que motivou a mudança para emitir decreto local com as determinações para o retorno das aulas presenciais das redes municipal e particular de ensino.
Santana do Livramento: a retomada das atividades presenciais foi autorizada somente para as escolas privadas.
Passo Fundo: as escolas privadas poderão abrir na segunda (26). A retomada das aulas na rede municipal ainda não foi definida. Uma reunião, também na segunda, irá definir o cronograma.
Erechim: o retorno às aulas de forma presencial escalonada para mais de 6 mil estudantes será mantido nesta segunda-feira (26).
Governo do RS autorizou atividades presenciais na educação infantil e nos primeiro e segundo ano do ensino fundamental
Alex Rocha/PMPA/Divulgação
VÍDEOS: Tudo sobre o RS