Lar de idosos de Bagé registra surto e duas mortes por Covid

Todos os idosos foram vacinados em fevereiro. Dos moradores confirmados, três precisaram de internação clínica, com quadro estável de saúde. Duas idosas morrem após surto de Covid em asilo de Bagé
Um surto de coronavírus foi confirmado em um lar de idosos de Bagé, na Região Sul do estado. Duas moradoras do local faleceram.
Os 50 moradores foram imunizados com a primeira e a segunda dose da Coronavac ainda em fevereiro. Após uma moradora apresentar sintomas, no dia 25 de maio, os demais residentes foram testados. Do total, 39 moradores tiveram o exame positivo para a doença.
Vacinas evitam 80% das internações de idosos mesmo após só uma dose, diz agência do Reino Unido
RS registra mais 162 mortes por Covid e ultrapassa 28,3 mil óbitos
Três estão internados em leitos clínicos da Santa Casa de Bagé, com quadro estável de saúde. As idosas que faleceram tinham 80 e 99 anos.
Além dos residentes, sete funcionários também se contaminaram. A Vigilância Sanitária realizou a desinfecção do prédio e segue monitorando os casos.
“Continuaremos com os mesmos cuidados que vínhamos tendo desde março de 2020 em relação ao isolamento social, a higiene e o cuidado de todas aquelas pessoas que diretamente transitam na entidade”, afirma a responsável técnica pelo asilo, Karen Gonçalves.
A infectologista da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) Danise Senna Oliveira lembra que todas as vacinas demonstram alta eficácia, através de estudos.
“Ela previne contra casos graves, internações e óbitos. Nenhuma vacina é 100%. A Coronavac também não é. E o objetivo da vacinação é diminuir os casos graves de doença, diminuir óbitos.”
Para os especialistas, caso os idosos não tivessem sido imunizados, a gravidade dos casos seria ainda mais preocupante.
“As instituições de longa permanência são realmente lugares que a gente tem grande preocupação e onde a gente não gostaria que acontecesse um surto. Mas com certeza sem a vacinação provavelmente o número de óbitos e de casos graves seria maior.”
Surto em Crissiumal
No Noroeste do RS, outro surto da doença foi registrado no Lar do Idoso de Crissiumal. Resultados de testes saíram nesta semana, confirmando que dos 46 moradores, 33 contraíram a Covid. Todos estavam imunizados e não precisaram de atendimento hospitalar. Dez funcionários tiveram resultado positivo.
“Os sintomas se apresentaram através de um funcionário que acredito por contato com demais colegas, acabou transmitindo para os moradores também. Desde o primeiro momento, foram seguidos todos os protocolos do estado, realizados cursos pra prevenção do Covid, mas infelizmente fomos afetados pelo vírus”, afirma a enfermeira Paula Kuhn.
VÍDEOS: Tudo sobre o RS