Com piora nos indicadores da pandemia, mais três regiões do RS recebem alerta no sistema 3As


Regiões de Palmeira das Missões, Santa Rosa e Uruguaiana já haviam recebido aviso, a primeira etapa do sistema 3As de monitoramento da pandemia, mas dados apontaram para o risco de avanço do coronavírus. Saiba como funciona o novo sistema de monitoramento da pandemia do RS
Mais três regiões Covid do RS receberam, nesta quinta-feira (20), alerta no sistema 3As de Monitoramento da pandemia, do governo do estado. Palmeira das Missões, Santa Rosa e Uruguaiana apresentaram tendência de agravamento da pandemia e serão notificadas para tomarem medidas. Entenda acima como o sistema funciona.
Essas regiões já haviam recebido avisos, na última terça-feira (18), após a primeira rodada de classificações do novo modelo. Agora, precisam apresentar as propostas de medidas de contenção da doença em 48 horas para o governo.
Junto aos alertas que já haviam sido emitidos, o estado tem oito regiões com tendência grave de avanço da pandemia. Cachoeira do Sul, Cruz Alta, Ijuí, Passo Fundo e Santo Ângelo, já notificadas, devem apresentar seus planos de ação até esta quinta-feira (20).
“Diante dessa situação, é importante que a população não relaxe nos cuidados, que, inclusive, redobre as medidas de precaução, como uso da máscara, do álcool em gel, ventilação dos ambientes e, principalmente, evite aglomerações”, destacou o governador Eduardo Leite, lembrando que casos em estados, como Paraná, e países vizinhos, Argentina e Uruguai, vêm aumentando.
Com piora nos indicadores da pandemia, três regiões do RS recebem alerta do gabinete
O novo modelo prevê que, se o plano de cada região for considerado adequado, a proposta é aplicada imediatamente. Caso não, o estado poderá intervir e estipular ações adicionais a serem seguidas.
O GT saúde, que analisa os dados, também havia recomendado o alerta para a região de Erechim, mas o gabinete de crise definiu pela emissão de um aviso, que não exige implementação de medidas. Bagé e Caxias do Sul também receberam avisos.
Alerta para Uruguaiana
Aumento na incidência de novos casos foi expressivo, saindo de 277 casos por 100 mil habitantes no dia 12 de maio para 359 casos no dia 18 de maio;
Nas internações em leitos clínicos, entre os dias 6 de maio e 18 de maio, a região apresentou uma variação de 23%, saindo de 128 internações de suspeitos e confirmados Covid para 158 internações no período;
Em leitos de UTI, a taxa de ocupação ultrapassou os 100%.
Alerta para Palmeira das Missões
Aumento de incidência semanal de novos casos de Covid, que passou de 194 em 9 de maio para 287 em 18 de maio, resultando em um aumento de 47,9;
Aumento no número de internados em leitos clínicos, passando de 49 para 92 pacientes entre suspeitos e confirmados no mesmo período;
Taxa de ocupação em leitos de UTI superou os 100% em 18 de maio.
Alerta para Santa Rosa
Apresentou uma subida considerável no número de casos confirmados de Covid, com aumento de 28,7%;
Como resultado, a incidência partiu de 194 casos no dia 5 de maio para 316 novos casos por 100 mil habitantes nos últimos sete dias;
Taxa de ocupação de leitos de UTI se encontra próxima ao topo da série histórica da região desde o início da pandemia, acima de 95%.
Sistema dos “3As de Monitoramento” entrou em vigor no domingo (16) no Rio Grande do Sul
Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini/Divulgação
VÍDEOS: Tudo sobre o RS