Prorrogadas até domingo as inscrições de professores e servidores para contratos de emergência na rede pública estadual

Governo gaúcho prevê o retorno das aulas em 8 de março. de forma híbrida. (Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini)

Com encerramento inicialmente previsto para o dia 10 de janeiro, as inscrições de professores para contratação emergencial da rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul foi prorrogada até o próximo domingo (17). O cadastro da Secretaria Estadual da Educação (Seduc) abrange especialistas em Educação e servidores.

Para acessar, basta entrar no site oficial educacao.rs.gov.br, clicar na aba “Serviços e Informações” e selecionar o item “Contratos Temporários”.

A iniciativa também suspende a alínea b do item 3.3 do Edital 05/2020, que trata da obrigatoriedade de apresentação do registro profissional no CREF (Conselho Regional de Educação Física) para os profissionais do segmento, no ato da inscrição – a apresentação do documento será exigida somente nos procedimentos de posse e admissão do candidato eventualmente chamado.

Até o início do ano do ano passado, antes da chegada da pandemia d coronavírus, professores e servidores se inscreviam no site e depois levavam a documentação, que inclui dados pessoais e prova de títulos, diretamente na respectiva Coordenadoria Regional de Educação (CRE).

Agora, o candidato se inscreve no site e, ao finalizar a inscrição, recebe um link em seu e-mail pessoal, com um código de acesso para incluir a documentação, de forma totalmente on-line.

De acordo com a diretora do Departamento de Recursos Humanos (DRH), Cleusa Flesch, a iniciativa elaborada pelo Procergs em parceria com as Secretarias Estaduais da Fazenda (Sefaz) e Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), Fazenda) vai acelerar o trâmite dos processos e diminuir o tempo de efetivação da contratação.

“Estamos qualificando nosso processo administrativo para garantir agilidade, transparência e a segurança de nossos professores, especialistas e servidores da Educação”, destaca Cleusa. “A partir de agora, a Coordenadoria Regional de Educação validará a documentação de forma on-line e a classificação dos candidatos será publicada diretamente por meio de publicação no Diário Oficial do Estado.”

Volta às aulas

O governo gaúcho estipulou o dia 8 de março (uma segunda-feira) como data de retorno das aulas na escolas da rede estadual, por meio do sistema híbrido de ensino, que alterna atividades presenciais e à distância, por meio de plataforma digital do Google. A retomada também será escalonada, conforme a série em que o aluno está matriculado.

Primeiro voltarão os alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. No dia 11, será a vez dos estudantes de 6ª a 9ª série. Para quem cursa os Ensinos Médio e Técnico, o cronograma terá início em 15 de março. Já no que se refere ao encerramento do ano letivo, a projeção é de 21 de dezembro.

O calendário também prevê aulas aos sábados. As férias de inverno, tanto para professores quanto para alunos, estão marcadas para o período de 28 de julho a 3 de agosto.

De acordo com a Secretaria Estadual da Educação (Seduc), a logística leva em consideração a necessidade de se priorizar a segurança sanitária de alunos, professores e comunidade escolar em meio à pandemia de coronavírus.

Como o ano letivo de 2020 só termina no dia 31 de janeiro de 2021, o mês que vem será de férias coletivas para alunos, professores e diretores da rede estadual.

Conforme o secretário estadual da Educação, Faisal Karam, não estão descartados eventuais ajustes no calendário ao longo do ano, por causa da pandemia e de possíveis decretos de restrição de atividades que poderão ocorrer em determinados municípios.

“Este é o nosso planejamento inicial”, ressalta. “Caso tenhamos que realizar ajustes pelo bem-estar de estudantes e alunos, iremos analisar e ajustar conforme a necessidade.”

(Marcello Campos)

Voltar Todas de Rio Grande do Sul