A Sulgás concluiu o seu primeiro ramal para distribuição de gás natural em Viamão

Rede de 8,5 quilômetros passa por quatro vias públicas da cidade na Região Metropolitana. (Foto: Divulgação/Sulgás)

A Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás) concluiu o primeiro ramal canalizado de distribuição de gás natural no município de Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre. De acordo com informações da estatal gaúcha, a rede tem 8,5 quilômetros de extensão e passa pela rua Liberdade e avenidas Paraíso, Barreto Viana e Salgado Filho.

O primeiro trecho concluído atende 752 unidades do condomínio Porto Itapuã, empreendimento em fase de construção. “Outras residências e comércios poderão ser beneficiados ao longo da rede”, prevê o governo gaúcho em seu site oficial.

Postos

Na cidade há dois postos de combustíveis abastecidos com gás natural. O fornecimento é feito por meio de GNC – modalidade de transporte rodoviário de gás natural sob a forma comprimida.

O primeiro é o posto Tarumã, situado na rodovia estadial RS-118 e que iniciou a venda do combustível em dezembro passado. Este é o segundo estabelecimento que a Sulgás atende na cidade. Já o segundo é o Posto da Figueira, em trecho da RS-040 no bairro Águas Claras. Ambos funcionam de segunda a sábado, das 6h às 24h, e no domingo, das 7h às 21h (em feriados, das 6h às 22h).

“Eu acho que vem a calhar com o momento que a gente está passando, poder oferecer um produto mais econômico, sustentável para nossos clientes e também para completar um mix de produtos do posto”, comentou no mês passado o proprietário do posto Tarumã em depoimento ao site sulgas.rs.gov.br. “Isso com certeza aumenta o faturamento e torna o serviço mais completo para nossos clientes.”

Consulta

Ao todo são 93 postos de gás natural veicular (GNV) em 32 cidades do Rio Grande do Sul. A lista completa pode ser acessada no aplicativo “Sulgás Digital”, disponível nas lojas virtuais Google Play e Apple Store – além dos respectivos endereços, é possível possível verificar os preços praticados em cada estabelecimento.

(Marcello Campos)

Voltar Todas de Rio Grande do Sul