“Não vamos nos afastar da agenda de reorganização da máquina pública”, diz o governador Eduardo Leite

Leite participou de um evento com líderes empresariais em Gramado

Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

Leite participou de um evento com líderes empresariais em Gramado. (Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini)

Com a liberação de eventos corporativos mediante rígidos protocolos sanitários, a segunda edição do Fórum de Desenvolvimento Lide Gramado/Canela reuniu, neste sábado (17), lideranças políticas e empresariais em Gramado, na Serra Gaúcha, para debater a retomada da economia e do desenvolvimento do Rio Grande do Sul no pós-pandemia.

Na abertura do evento, o governador Eduardo Leite foi convidado a falar sobre as ações e perspectivas para o Estado, entre elas a liberação gradual das atividades presenciais e a expectativa pela a retomada do crescimento econômico. Leite declarou que o governo não vai se “afastar da agenda de reorganização da máquina pública”.

“O virtual ajudou muito durante a pandemia e evoluímos muito nesse sentido, mas ele não substitui podermos estar aqui juntos, trocando experiências, olhando no olho para criar convergências e entendimentos e puxarmos em uma mesma direção para o desenvolvimento do Estado”, explicou o governador.

“Restringimos menos do que outros Estados e paramos em menor proporção as atividades econômicas e, mesmo assim, temos os melhores resultados em termos de preservar vidas, com as mais baixas taxas de óbito. Em virtude de prazos, em meio ao combate à pandemia, tentamos discutir uma necessária reforma tributária, mas optamos por aprofundar mais o debate nos próximos meses. Convido o setor produtivo e empreendedor do nosso RS a participar disso porque, afinal, a competitividade também depende da capacidade do Estado em prestar serviços públicos. Quando o Estado funciona, cai o custo da segurança privada, por exemplo. Não vamos nos afastar da agenda de reorganização da máquina pública e contamos com a participação do setor privado, fundamental no processo para alavancar os investimentos e o desenvolvimento do RS”, afirmou o governador.

Segundo o presidente do Lide RS (Grupo de Líderes Empresariais para o Rio Grande do Sul), Eduardo Fernandez, o evento presencial busca reaproximar as lideranças regionais e os empreendedores na busca de caminhos para melhorar o ambiente de negócios do Estado.

“A entidade está firme em seu propósito de buscar a retomada das atividades econômicas, abordando temas que visem ao desenvolvimento econômico e social do Estado. Mas também estamos aqui hoje, de forma presencial, para incentivar a volta das atividades econômicas. Queremos mostrar que é uma retomada necessária e possível, movimentando toda a economia e sendo exemplar para o resto do País e mundo”, disse Fernandez.

Voltar Todas de Política